Morros e Zona Noroeste são prioridades em investimentos do Dade

Ao todo, os projetos vão garantir investimentos de R$ 31,9 milhões em obras.

Comentar
Compartilhar
23 JAN 201320h36

O prefeito Paulo Alexandre Barbosa definiu 11 projetos que serão contemplados com a verba proveniente do Dade (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias), órgão vinculado à Secretaria de Estado do Turismo. Ao todo, os projetos vão garantir investimentos de R$ 31,9 milhões em obras para melhoria da infraestrutura e qualidade de vida da população.

O maior investimento será no Complexo Esportivo M. Nascimento Júnior, na zona noroeste, que receberá R$ 8 milhões para a construção de um ginásio poliesportivo. O local receberá em 2014, ainda, uma segunda fase, que contemplará a implantação de um CineTeatro, garantindo acesso à cultura aos moradores da região.

Depois, com cerca de R$ 6,5 milhões, estão ações corretivas e de implantação de novos pontilhões sobre canais em diversos pontos da cidade. Hoje, essas estruturas estão deterioradas e algumas estão com escoramento provisório. Outro grande projeto é a implantação do Centro Cultural da Vila Progresso, um complexo esportivo e cultural para atender os moradores do bairro, que receberá investimentos de R$ 5,6 milhões.

O prefeito já oficiou o Conselho de Orientação e Controle do Fundo de Melhoria das Estâncias com as propostas dos empreendimentos. Em seguida, começam a ser detalhados o plano de trabalho das intervenções necessárias para entrega ao Dade. O departamento é responsável por analisar e aprovar os projetos tecnicamente. Depois da aprovação, os convênios são assinados. A partir daí, os recursos começam a ser liberados.

O maior investimento será no Complexo Esportivo M. Nascimento Júnior que receberá R$ 8 milhões (Foto: Divulgação)

Projetos

- Ciclovia do Canal 6 – R$ 3 mi
- Centro Poliesportivo e Cultural da Vila Progresso – R$ 5,6 mi
- Concha Acústica – R$ 1,2 mi
- Centro Poliesportivo e Cultural M Nascimento – R$ 8 mi
- 22 Pontilhões e 2 novas pontes– R$ 6,5 mi
- Ciclovia João Pessoa (sinalização e asfalto) – R$ 1,7 mi
- Ciclovia da Avenida Nossa Senhora de Fátima – R$ 1,4 mi
- Revitalização Praia do Aquário Municipal – R$ 1,7 mi
- Casa da Frontaria Azulejada – R$ 2,5 mi
- Deck do Pescador – R$ 200 mil
- Sistema de monitoramento do Aquário – R$ 100 mil