X

Cotidiano

Jornada Pedagógica: palestras oferecem diversidade em temas a professores

Cerca de 2 mil docentes participaram da 14ª edição do período de capacitação

Da Reportagem

Publicado em 20/02/2024 às 10:11

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Durante as  capacitações, foram abordados temas como a influência da inteligência  artificial nas escolas, como trabalhar o racismo em sala de aula e o  cuidado socioemocional / Divulgação/Prefeitura de Praia Grande

A Secretaria de Educação (Seduc) promoveu a 14ª edição da Jornada  Pedagógica. Dentro da programação, além das oficinas, os cerca de 2  mil professores puderam assistir a cinco palestras. Os encontros  ocorreram na quinta e sexta-feira (15 e 16), no Palácio das Artes  (PDA) e no Auditório Jornalista Roberto Marinho. Durante as  capacitações, foram abordados temas como a influência da inteligência  artificial nas escolas, como trabalhar o racismo em sala de aula e o  cuidado socioemocional.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.


As três palestras no Palácio das Artes (PDA) abriram a programação na  quinta-feira (15). A palestrante Elisandra Pereira foi a primeira ao  trabalhar a temática “A Influência da Construção Social Racista no  Trabalho Docente: Refletir para Desconstruir”. Na sequência, Claudio  Morato abordou o assunto “Tenho um Aluno com Deficiência: E Agora?”.  Por fim, Ari Brito conversou com os professores sobre “Os Avanços da  Neurociência na Educação”.

No dia seguinte, sexta-feira (16), foi a vez do Auditório Roberto  Marinho receber as palestras. Além de Ari Brito que encerrou a  programação conversando sobre a temática “Os Avanços da Neurociência  na Educação”, os docentes assistiram a outros dois momentos. Primeiro,  os especialistas de tecnologias educacionais, Jucineia de Oliveira,  Guilherme Marques e Paulo Henrique abordaram o assunto “A Inteligência  Artificial em Tudo e Todo Lugar”. Em seguida, Andrezza Andreotti e  Ronaldo Christofoletti falaram sobre “Escola Azul: Um Oceano de  Educação e Transformação”.

A rotina de capacitação com palestras e oficinas é uma novidade para o  professor de língua portuguesa Anderson Chioro Vieira. Na edição deste  ano, foi a primeira vez que o docente, que atua na EM Vereador Felipe  Avelino de Moraes, participa da Jornada Pedagógica. “É um momento de  autoavaliação e que dá oportunidade de renovarmos nossos  conhecimentos. O professor precisa sempre estar atualizado e pelo que  vi até aqui, a Jornada (Pedagógica) permite isso”.

Também professora de língua portuguesa Gisele Fernandes atua na EM  Profª. Maria Nilza da Silva Romão. A docente também destacou a  importância da Jornada Pedagógica para os profissionais da rede. “Todo  ano que participo, a gente sempre sai mais motivado. Funciona como um  refresh, pois modernizamos o nosso conhecimento. A cada ano, os temas  estão cada vez mais atualizados, o que faz com que saíamos sempre  motivados a implementar os novos conhecimentos na rotina de sala de  aula”.

Novidades – Essa busca por temas atuais é sempre uma preocupação da  Secretaria de Educação. A pasta tem como objetivo deixar os  profissionais antenados e municiar os docentes para que utilizem o  conhecimento com os alunos ao longo do ano. “A Jornada Pedagógica tem  por finalidade atualizar, capacitar a nossa rede de docentes. Fazer  com que estejam antenados e, ao mesmo tempo, permitir a troca de  experiências”, enfatizou a secretária de Educação, a professora Cida  Cubilia.

“Este ano, fechamos o ciclo do nosso Plano Trienal de Recuperação de  Aprendizagem. Iniciamos esse processo em 2022, quando voltamos da  pandemia. E, nestes dois anos, já foi possível ver a evolução dos  nossos alunos neste resgate educacional”, completou Cida Cubilia.  “Agora, colheremos os frutos de tudo que fizemos. O resultado do nosso  trabalho, pois, por vezes, foi mais fácil recuperar o déficit de  aprendizagem do que lidar com o lado socioemocional da sociedade”.

Para a secretária de Educação, as palestras são mais uma das  ferramentas que a pasta municipal utiliza para capacitar os docentes.  “Em 2006, quando voltei a atuar na rede, os assuntos que predominavam  eram diretamente ligados a rotina de trabalho do professor. Este ano,  ao analisar os assuntos das palestras, vemos temas que estão  diretamente relacionados a cuidar dos profissionais que atuam nas  nossas salas de aulas. Para fortalecer a cada um de vocês que lidam  diariamente com o nosso bem mais precioso, os alunos”.

Zelo – O cuidado com os cerca de 2 mil professores que atuam na rede  não ficou apenas na seleção das palestras. Responsável pela  organização do evento, a Coordenadoria de Formação e Aperfeiçoamento  adotou algumas modificações na Jornada Pedagógica deste ano. “Ao  término da edição passada, em avaliação realizada junto com os  docentes, algumas questões foram apontadas e colocamos em prática em  2024”, ressaltou José Amaro de Mendonça Junior.

Um dos pontos destacados foi a oferta de oficinas e palestras no  período intermediário, ou seja, dentro do horário que estariam em sala  de aula. Até o ano passado, os profissionais que lecionavam neste  momento precisavam escolher entre período da manhã ou da tarde. “Isso  impactava com a rotina deles. Muitos dobram em outras redes, seja  estado ou privado, ou mesmo em outras cidades e precisavam pedir  dispensas ou folga abonada para participar da Jornada. Então, esse  ano, buscamos ajustar”, afirmou o diretor da Coordenadoria.

Outro ponto diz respeito a escolha das oficinas. Quando o professor  selecionava aquela que mais interessava, a segunda vinha atrelada. Em  2024, o docente pode escolher os dois períodos de capacitação. “Junto  a isso, nós também direcionamos as oficinas de acordo com o segmento e  dividimos os públicos nas escolas. Ou seja, as oficinas de projetos  ligados a Educação Infantil e do 1º ao 5º ano do Fundamental ficaram  em um polo. Já as propostas pedagógicas do 6º ao 9º, Complementação  Educacional e Educação de Jovens e Adultos (EJA) direcionamos para  outro. Isso facilitou a busca por interesse da temática”, destacou  Junior.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cubatão

Quarta etapa do circuito de rua acontece neste domingo; veja percurso

Modelo do 'Circuito Cubatense 7 Km de Corrida de Rua' é único na Região, composto por 10 etapas que seguem até o fim do ano

Itanhaém

Tradicional Festa de Santo Antônio é atração em Itanhaém; veja programação e cardápio

Tradicional festa junina, que vai até dia 30 deste mês, conta com shows, comidas e bebidas típicas, no Belas Artes

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter