Guarujá participa de Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável em Brasília

Desde terça-feira (7), a prefeita Antonieta e secretários municipais trocam experiências e apresentam exemplos de sucesso desenvolvidos na Cidade; um estande com material turístico, informátivo da Cidade esta à disposição dos participantes

Comentar
Compartilhar
08 ABR 201517h05

Para debater as principais demandas, comuns ou distintas, do municipalismo brasileiro, a Frente Nacional de Prefeitos (FNP) realiza até esta quinta-feira (9) o III Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável (EMDS), no Centro de Convenções Ulisses Guimarães, em Brasília.

Guarujá participa do evento, que tem formato dinâmico e inovador, com atividades divididas em Arenas de Diálogo, Fóruns TED-alike, Salas Temáticas, Praça de Boas Práticas e Ponto de Encontro. Assuntos como políticas públicas de incentivo ao empreendedorismo, sustentabilidade, economia solidaria, educação, universalização e qualidade de águas, protagonismo dos governos locais, mobilidade urbana e qualidade, financiamento e governança das políticas públicas locais e metropolitanas estão sendo debatidos.

A abertura oficial do evento aconteceu na noite de terça-feira (7), com a participação de ministros, prefeitos e secretários de municípios de todo o País. A prefeita de Guarujá, Maria Antonieta de Brito, que também é vice-presidente para Assuntos de Finanças Públicas da FNP, participou da abertura e falou sobre a troca de experiência em um evento desta grandiosidade.

“Nós prefeitos procuramos soluções para atender as demandas da população. Este encontro desperta e provoca em cada gestor publico um olhar para os problemas comuns e soluções conjuntas. Estamos focados em melhorar a saúde pública, buscar soluções praticas para a mobilidade urbana, equilibrar as finanças e alinhar tudo à sustentabilidade”, conclui a prefeita.

A comitiva de Guarujá estava formada, além da Chefe do Executivo do Município, das secretárias de Educação, Priscilla Bonini; de Desenvolvimento e Assistência Social, Elizabete Maria Gracia da Fonseca, e sua adjunta Maria Angélica de Araújo da Cruz; e da Chefe de Gabinete, Ana Paula Metropolo.

O presidente da FNP e prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, segue na mesma linha da prefeita. “É isso que nos move. Mais do que nunca precisamos olhar para as mobilizações democráticas, que mostram que todos nós prefeitos temos que buscar respostas. Também é necessário de um novo pacto federativo, com a abertura de um diálogo entre os três entes federados", disse.

Abertura oficial do III EMDS reuniu diversas lideranças políticas. Representando o Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (ONU Habitat), Eduardo Moreno, apresentou a terceira Conferência das Nações Unidas sobre Moradia e Desenvolvimento Urbano Sustentável (Habitat III) que acontecerá em 2016, em Lima, Peru.

Para o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, representando o Governo Federal, lembrou em seu discurso a importância em ter sido prefeito da maior cidade país para a sua escolha como ministro das Cidades. "A presidente Dilma, quando me fez o convite para assumir a pasta, ressaltou conhecer as problemáticas das cidades", lembrou.

O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rolemberg, manifestou a alegria em ser o anfitrião e acolher o maior evento sobre sustentabilidade urbana do país. "É um evento muito importante e Brasília exerce sua função de ser palco de grandes debates. Com o EMDS aprenderemos as boas praticas dos outros municípios para que possamos botar em prática na capital federal", ressaltou.

Também estiveram presentes: embaixadora chefe da delegação da União Europeia no Brasil, Ana Paula Zacarias; representante residente do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento no Brasil (PNUD), Jorge Chediek; ministro da Saúde, Artur Chioro; ministro do Turismo, Vinicius Lages, ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias; ministro da Pesca e Aquicultura, Helder Barbalho; ministra da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República, Nilma Lino Gomes; ministra da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Ideli Salvatti; ministro da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Guilherme Affif Domingos; subchefe de Assuntos Federativos da Presidência da República, Olavo Noleto; gerente executivo da Diretoria de Governo, Marcio Coqui Tunholi; diretor do BNDES, José Henrique Paim; presidente da Caixa Econômica Federal, Miriam Belchior; presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, Wasmália Bivar; diretor da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, José Carlos da Silva Moutinho; analista de mercado dos Correios, Esther Mota; presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), José Carlos Martins; e os prefeitos de São Bernardo do Campo (SP) e secretário geral da FNP, Luiz Marinho; prefeito de Belo Horizonte (MG) e vice-presidente de Coordenação Institucional da FNP, Marcio Lacerda; prefeito de Canoas (RS), coordenador-geral do EMDS e vice-presidente de Educação da FNP, Jairo Jorge; prefeito de Aparecida de Goiânia (GO) e 2º vice-presidente Nacional da FNP, Maguito Vilela; prefeito de Três Rios (RJ) e vice-presidente para assuntos de Desenvolvimento Econômico Local da FNP, Vinicius Farah; prefeito de Petrópolis (RJ) e vice-presidente para assuntos das MPEs, Rubens Bontempo; prefeito de Divinópolis (MG) e vice-presidente de Gestão Pública da FNP, Vladimir Azevedo; prefeito de Olinda (PE) e 1º vice-presidente de Relações Internacionais da FNP, Renildo Calheiros; prefeito de Vitória (ES) e 2º vice-presidente de Relações Internacionais da FNP, Luciano Rezende; prefeito de Rio Grande da Serra (SP), Luiz Gabriel Fernandes da Silva; o coordenador da Rede Nossa São Paulo, Oded Grajew; conselheiro Antônio Joaquim, representando a Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil; o secretário de Turismo do DF, Jaime Recena; presidente da Funasa, Henrique Pires e os presidentes da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Zuilkosky e da Associação Brasileira de Municípios (ABM), Eduardo Tadeu.

III EMDS - Com mais de 8 mil inscritos, o maior evento sobre sustentabilidade urbana do país teve início na manhã do dia 07/04. Além da cerimônia de abertura, a programação contou com Eventos Parceiros, Arena de Diálogos, Praça de Boas Práticas e Caminho das Cidades. Na quarta-feira (8), o destaque do evento é a 67ª Reunião Geral da FNP e na quinta-feira (9), a posse da nova diretoria da entidade.