GCM terá esquema especial no Réveillon em Praia Grande

Folgas foram suspensas e haverá ações integradas com outros órgãos.

Comentar
Compartilhar
28 DEZ 201223h13

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Praia Grande montou um esquema especial entre os dias 28 de dezembro e 1º de janeiro com o objetivo de garantir um feriado de Réveillon tranquilo a moradores e turistas. Entre as ações, está a realização de operações integradas com a Polícia Militar, Secretaria de Trânsito e Transporte (Setransp) e Secretaria de Finanças (Sefin).

De acordo com o comandante da Guarda Civil Municipal (GCM), Marco Alves dos Santos, o foco do trabalho será a prevenção. Além de todo o efetivo à disposição e da suspensão de folgas e férias, o comando colocará uma Base Móvel no bairro Forte e uma no Caiçara, além das duas bases que permanecem no Ocian e no Guilhermina. “Nas ações integradas com a Polícia Militar, que acontecerão inclusive na noite da virada de ano, teremos o apoio das motocicletas e do Canil. Já durante o dia, haverá o reforço dos quadriciclos na faixa de areia”.

A prioridade na atuação da GCM é a proteção ao patrimônio público e ao cumprimento do Código de Posturas Municipal, entretanto, muitas vezes membros da corporação são acionados também em ocorrências de roubo e furto. “Nosso objetivo é atuar na prevenção destas situações. Já mapeamos os locais considerados críticos e passamos os dados para a Polícia Militar, de forma a otimizar esse trabalho integrado”.

O subsecretário de Assuntos de Segurança Pública, José Américo Franco Peixoto, observou que toda a ação foi rigorosamente planejada. “A integração com as polícias Civil e Militar é de extrema importância em um trabalho como esses, na época em que a Cidade recebe um número significativo de turistas”.

Atualmente, a GCM conta com 306 guardas que, para cumprir a missão de proteger bens, serviços e instalações municipais e servir a sociedade, contam com 23 veículos quatro rodas, duas bases comunitárias, dois quadriciclos, 10 motocicletas, um ônibus, um barco de alumínio, dois botes infláveis, 15 bicicletas, além do apoio do Canil, com um efetivo de 12 cães. Além disso, é a única Guarda Municipal armada da região.

Além do esquema desenvolvido pela GCM, a Cidade contará ainda com 300 policiais militares vindos da Capital e do interior para integrar a Operação Verão, além de seu efetivo normal.

De acordo com o comandante do 45º BPM-I, responsável pelo policiamento militar da Cidade, José Messina Filho, as ações da PM estarão divididas em três cinturões. “O reforço da Operação Verão ficará com a missão de ampliar o policiamento ostensivo já existente na orla e acessos à praia, o efetivo interno do batalhão, cujas férias e licenças foram suspensas, estará nas faixas intermediárias até a Avenida Kennedy, e a Força Tática ficará com as áreas próximas à Via Expressa Sul, que acaba sendo uma rota de fuga”.

O policiamento militar contará ainda com 20 motocicletas e 35 bicicletas, que darão mobilidade e agilidade no atendimento às ocorrências.

Para completar o esquema, a Polícia Civil conseguiu viabilizar a vinda de mais nove policiais civis: dois delegados, três escrivães e quatro investigadores. Com isso, de acordo com o delegado titular do Município, Flávio Máximo, será possível manter o 1º DP, no Boqueirão, aberto 24 horas e o 2º DP, no Caiçara, aberto aos finais de semana com expediente das 8 às 20 horas. “Esperamos ter um feriado, assim como toda a temporada, de tranquilidade”.