Em Santos, ruas são pavimentadas à noite

A prefeitura interdita as vias em parceria com a CET para evitar impacto

Comentar
Compartilhar
08 JUL 201423h44

A prefeitura interdita hoje a Rua João Pessoa, no Centro de Santos, entre a Rua Dr. Cóchrane e Av. Conselheiro Nébias, a partir das 21 horas, para raspagem do asfalto antigo. O mesmo serviço foi executado ontem, na Avenida Senador Feijó, entre a Av. São Francisco e a Rua Sete de Setembro.

A Siedi (Secretaria de Infraestrutura e Edificações) resolveu realizar as obras desta maneira, em parceria com a CET, para diminuir o impacto no trânsito da cidade, pois a área conta com fluxo intenso de veículos.

Na João Pessoa serão executados 2 mil metros de pavimentação. Já a Senador Feijó recebe os serviços no último trecho, um total de 660 m, entre a Av. São Francisco e Rua Rangel Pestana.

“As sarjetas foram reconstruídas e está sendo feita a fresagem, que é a raspagem do asfalto deteriorado. Depois será aplicada a massa asfáltica”, explica o engenheiro Hélio dos Santos Júnior, da Siedi. “No entanto, dependemos de tempo bom para dar continuidade aos trabalhos. A pavimentação tem que parar com chuva fina porque o asfalto não aderece em solo úmido”.

Na Rua João Pessoa, no Centro de Santos, serão executados 2 mil metros de pavimentação (Foto: Matheus Tagé/DL)

As ações visam melhorar a fluidez do trânsito e trazem benefícios para os bairros do Centro, Vila Mathias, Vila Nova e Encruzilhada e Paquetá. Os trabalhos são realizados pela empresa Termaq, vencedora da licitação e ocorrem em conjunto com a CET, que refaz a sinalização aérea e de solo. O investimento é de R$ 2,5 milhões, com recursos do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias (Dade), do governo do Estado.