X

Cotidiano

Em 17 dias, mortes por afogamento no litoral de SP já igualam todo mês de janeiro de 2023

O número é o mesmo de todo o mês de janeiro de 2023, segundo dados do GBMar (Grupamento de Bombeiros Marítimos)

FRANCISCO LIMA NETO/FOLHAPRESS

Publicado em 18/01/2024 às 11:42

Atualizado em 02/04/2024 às 09:39

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Além das mortes, até esta quarta-feira (17) houve o registro de 578 pessoas salvas. / Nair Bueno/Diário do Litoral

Em apenas 17 dias deste início de ano, ao menos 18 pessoas morreram por afogamento no litoral de São Paulo. O número é o mesmo de todo o mês de janeiro de 2023, segundo dados do GBMar (Grupamento de Bombeiros Marítimos).

Além das mortes, até esta quarta-feira (17) houve o registro de 578 pessoas salvas.

Nos 31 dias de janeiro de 2023, foram 18 mortes e 932 vítimas que sobreviveram.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Os dados são de ocorrências em Guarujá, Santos, São Vicente, Bertioga, Praia Grande, Mongaguá, Caraguatatuba, São Sebastião, Ubatuba, Itanhaém, Peruíbe e Ilha Comprida.

Em todo o ano passado, 82 pessoas morreram por afogamento nas praias do litoral paulista e 3.926 acabaram salvas.

Na manhã desta quarta, duas turistas de São Paulo, mãe e filha, se afogaram em Praia Grande, na Baixada Santista.

Os bombeiros foram acionados às 10h35 e encontraram a mãe, de 59 anos, na areia, enquanto a filha, de 21, era retirada inconsciente da água por banhistas.

As duas mulheres foram socorridas, mas a de 21 anos morreu no Pronto-Socorro Samambaia. Ela foi a 18ª vítima confirmada.

De acordo com o GBMar, as duas turistas foram arrastadas por uma corrente de retorno.

Nos primeiros 14 dias de 2024, houve o registro de 15 mortes de banhistas média de mais de um por dia.

Mas o número não parou. Na manhã de segunda-feira (15), duas pessoas se afogaram em Bertioga. As duas são de Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo.

Um homem de 30 anos foi salvo, mas o amigo, de 33, não havia sido localizado.

A vítima resgatada relatou aos salva-vidas que caíram em uma corrente muito forte e foram arrastados para o fundo.

Durante a tarde de segunda, um adolescente de 15 anos também se afogou em uma corrente de retorno, em Mongaguá, na Baixada Santista. Um primo que estava com ele conseguiu segurá-lo pela mão por alguns instantes, mas, ainda assim, afundou. O corpo foi encontrado em Itanhaém, cidade vizinha.

Ainda no período da tarde, dois primos de Ferraz de Vasconcelos, município da região metropolitana de São Paulo, se afogaram em Itanhaém. Um conseguiu se salvar, mas outro afundou e despareceu. Um corpo foi encontrado depois e aguardava reconhecimento.

*

DICAS PARA EVITAR AFOGAMENTOS
- Respeite a sinalização. As placas de advertência reforçam sobre os limites e avisos de perigos
- Procure o salva vidas local e verifique os pontos mais seguros para banhistas
- Procure reconhecer a profundidade do local, principalmente em regiões que contenham pedras, como rios e cachoeiras
- Evite nadar próximo a barcos, navios e outras embarcações
- Insira equipamentos de proteção nas piscinas, como grades, cercas e tablados
- Atente-se com as crianças: pais e responsáveis devem manter o olhar constante para evitar perigos na água, uso de boias são recomentadas para os pequenos
- Utilize coletes salva-vidas em barcos e para realização de atividades esportivas na água, como o stand-up padle, a canoa havaiana etc.
- Mantenha objetos flutuantes por perto. A boia é uma excelente alternativa para auxiliar durante o mergulho
Fonte: Hospital Alemão Oswaldo Cruz
 

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Nacional

Nunes lidera corrida eleitoral em SP, seguido por Boulos e Tabata

Atual prefeito tem 26% das intenções de voto do eleitorado paulistano; Boulos aparece com 17%, seguido por Tabata, com 10%

Esportes

Santos chega a acordo e transfer ban acaba

O alvinegro agora pode inscrever jogadores na Série B

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter