Em discurso no Senado, Lula faz desagravo a Sarney

No discurso, em tom de desagravo à atuação dele próprio e do PT, ele disse que Sarney, responsável por convocar a Constituinte, foi tão importante quanto o ex-presidente da Câmara Ulysses Guimarães

Comentar
Compartilhar
29 OUT 201316h44

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez nesta terça-feira, 29, uma homenagem pública à atuação do também ex-presidente José Sarney (PMDB-AP) durante a Assembleia Constituinte. No discurso, em tom de desagravo à atuação dele próprio e do PT, ele disse que Sarney, responsável por convocar a Constituinte, foi tão importante quanto o ex-presidente da Câmara Ulysses Guimarães (1916-1992) na formulação da Constituição de 1988.

Lula afirmou que Ulysses certamente foi o símbolo da Constituinte ao coordenar "com maestria" numa situação difícil, uma vez que o PMDB tinha a maioria dos governadores e parlamentares constituintes, podendo fazer o que quisesse na ocasião. Mas ele ressalvou a importância da atuação de Sarney, atualmente senador pelo Amapá, e presente à solenidade de entrega da Medalha Ulysses Guimarães. "Eu tenho consciência que o senhor não teve facilidade, muito menos moleza. Quero colocar a sua presença na Presidência no período da Constituinte em igualdade de condições com o companheiro Ulysses Guimarães", discursou.

O ex-presidente disse que na época da Constituinte era "jovem" e "muito impetuoso", mais até do que hoje em dia. Mas destacou que Sarney nunca se queixou das críticas e "desaforos" que recebeu durante todo o processo de elaboração da nova Carta Magna. Mais uma vez, ele disse que, se a proposta de Constituição elaborada pelo Partido dos Trabalhadores à época fosse aprovada, "teríamos dificuldades para governar o País".

"Em nenhum momento, mesmo quando era afrontado no Congresso, o senhor levantou um único dedo, uma só palavra para criar qualquer dificuldades aos trabalhos da Constituinte, que certamente foi o trabalho mais extraordinário que o Congresso já viveu", afirmou ele, ao destacar o "comportamento digno" que teve em todo o processo.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez nesta terça-feira, 29, uma homenagem pública à atuação do também ex-presidente José Sarney (PMDB-AP) durante a Assembleia Constituinte (Foto: Andre Dusek/Estadão Conteúdo)