Educação mobiliza Escola da Família da Baixada Santista para o “Dia Mundial Sem Tabaco”

Ação promove uma luta antifumo e já é realizada nas escolas estaduais há cerca de 2 anos

Comentar
Compartilhar
29 MAI 201518h41

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo promove neste final de semana, pelo segundo ano consecutivo, mais uma mobilização para o “Dia Mundial Sem Tabaco” nas escolas estaduais participantes do Programa Escola da Família da Baixada Santista.

Para o dia, as escolas ficarão responsáveis por desenvolverem seu próprio cronograma, que poderá contar com: palestras, atividades lúdicas, filmes, etc. O objetivo desta ação é conscientizar a comunidade sobre os malefícios do cigarro para a saúde e para a vida.

“O Dia Mundial Sem Tabaco encontra receptividade e contribuição no Escola da Família, pois existe uma política de prevenção às drogas, consolidada pela Secretaria e que o Programa procura torná-la presente em seu cotidiano”, ressalta Wilson Tarso, coordenador do Programa Escola da Família pela SEE.

Prevenção Também Se Ensina

Drogas lícitas já fazem parte das atividades nas salas de aula com o kit do Projeto Prevenção Também Se Ensina. Além do cigarro e de bebidas alcoólicas, os alunos também discutem temas como gravidez, sexo, bullying e drogas ilícitas. Os jovens contam com este material disponível nas escolas, e ainda levam esses debates para suas casas com os kits que são distribuídos para cada aluno.