11 toneladas de Líquido Gerador de Espuma já está a caminho de Santos

Avião com o produto pousou às 11 horas, no aeroporto de Guarulhos. A Força Aérea Brasileira (FAB) será responsável pelo transporte do LGE

Comentar
Compartilhar
09 ABR 201509h06

Um novo reforço chegou ao País, para ajudar no combate ao incêndio nos tanques de gasolina da Ultracargo, que já dura uma semana. Um avião, com Líquido Gerador de Espuma, pousou, na manhã de hoje, no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. 

O C-130 Hércules aterrissou às 11 horas, vindo de Salvador, trazendo 11 toneladas do produto. O LGE está sendo descarregado e será encaminhado à Cidade pela Força Aérea Brasileira. 

Três caminhões e duas viaturas farão o comboio do produto até o local do incêndio. Cerca de 30 militares estão envolvidos na missão. 

O C-130 Hércules aterrissou às 11 horas, vindo de Salvador, trazendo 11 toneladas do produto (Foto: Corpo de Bombeiros)

Combate às chamas 

O Corpo de Bombeiros voltou a utilizar, na manhã desta quinta-feira, o Líquido Gerador de Espuma. O produto trata-se de um detergente líquido e concentrado, especialmente formulado para em mistura com a água pura, do mar ou salobra, formar uma espuma com características física-químicas especiais de resistência química e a temperatura elevadas.

No momento, é possível ver que as chamas e a fumaça diminuíram significativamente. 

Novo incêndio no início da manhã

Mesmo após a utilização de três tipo de espumas especiais para combater o incêndio que atinge a área industrial de Santos, desde a semana passada, dois tanques voltaram a pegar fogo, na manhã de hoje. 

Um novo vazamento de álcool anidro, fez com que as chamas voltassem com forte intensidade, nos tanques da Ultracargo. O vazamento anterior já foi resolvido pelo Corpo de Bombeiros, o que possibilitou um avanço no combate às chamas. 

O Corpo de Bombeiros voltou a utilizar, na manhã desta quinta-feira, o cold fire, chamado fogo frio (Foto: Corpo de Bombeiros)

Ajuda internacional 

Técnicos de uma empresa americana especializada virão a Santos nesta sexta-feira (10) para avaliar os vazamentos nos tanques da Ultracargo, na Alemoa Industrial. A informação foi divulgada ontem à noite (8), em reunião do Gabinete de Integração, no Paço Municipal. A vinda dos profissionais visa buscar uma solução ao problema que impede o final do incêndio, que dura mais de uma semana.