Bloqueio: caminhões com agendamento serão liberados

A liberação será feita mediante a apresentação de documento comprobatório e com o limite de até 800 veículos de carga

Comentar
Compartilhar
08 ABR 201523h45

A entrada de caminhões na margem direita do Porto de Santos será permitida das 22h às 4h para os veículos com agendamento nos terminais autorizado pela Codesp. A liberação será feita mediante a apresentação de documento comprobatório e com o limite de até 800 veículos de carga. A medida foi acertada em reunião entre representantes da Prefeitura e do setor portuário e de transportes.

A triagem dos veículos e a liberação no Sistema Anchieta-Imigrantes e nos pátios de estacionamento serão realizadas pela Polícia Rodoviária e Ecovias, seguindo a orientação da Secretaria Municipal de Assuntos Portuários (Seport). “Todas as esferas, municipal, estadual e federal, estão trabalhando em conjunto. O critério que estamos utilizando é o agendamento que é feito pela Codesp, que é conexo com a embarcação e os terminais molhados. Ele é essencial para sabermos qual caminhão é considerado prioritário e qual não”, explica o secretário-adjunto da Seport, Frederico Abdalla.

A entrada de caminhões na margem direita do Porto de Santos será permitida das 22h às 4h para os veículos com agendamento (Foto: Luiz Torres/DL)

Comboio

Na área urbana, a CET fará o controle dos comboios de caminhões. No ingresso, os veículos de carga terão como trajeto a Avenida Martins Fontes, ruas Visconde do Embaré e Cristiano Ottoni (que ficará com mão única) até o Porto Valongo. A partir dali, o controle fica a cargo da Guarda Portuária.

Já a saída dos caminhões do porto ocorrerá em comboios das 9h às 17h e das 21h às 5h, com ponto de partida no início da Rua João Pessoa. “A operação da CET é 24 horas, monitorando e fazendo o controle dos caminhões que entram e saem do porto”, acrescenta o presidente da CET-Santos, Antonio Carlos Silva Gonçalves.

A restrição da entrada de caminhões na margem direita foi decidida no domingo (5) pelo Gabinete de Integração, que reúne setores da Prefeitura e dos governos estadual e federal. O objetivo foi evitar que a entrada de Santos ficasse bloqueada, pois a alça de acesso do viaduto da Alemoa está fechada devido ao incêndio na Ultracargo.

Entrada de caminhões na margem direita do Porto de Santos (com agendamento, até 800 veículos) – das 22h às 4h.

Saída de caminhões do porto – das 9h às 17h e das 21h às 5h.