Costa do Marfim decreta luto oficial de três dias por mortos em tumulto

Tumulto ocorreu nesta terça-feira durante as comemorações do Ano Novo.

Comentar
Compartilhar
02 JAN 201314h21

Por três dias, a partir desta quarta-feira (2), a Costa do Marfim, na África, está em luto oficial. A decisão foi tomada após a morte de 61 pessoas durante um tumulto em Abdjan, a capital econômica do país. Várias pessoas ficaram feridas. A estimativa das autoridades é que o número de vítimas chegue a 200.

Ao visitar algumas vítimas no hospital, o presidente da Costa do Marfim, Alassane Ouattara, lamentou o ocorrido classificando o episódio de “tragédia nacional”. Por causa do ocorrido, foram canceladas as comemorações de Ano-Novo no país e mantidas as bandeiras a meio mastro. Segundo as autoridades, é uma maneira de homenagear e lembrar as vítimas da tragédia.

O tumulto ocorreu nesta terça-feira (1º) durante as comemorações do Ano-Novo, na área central da capital econômica da Costa do Marfim. As autoridades da Costa do Marfim investigam as causas do tumulto.

O tumulto ocorreu nesta terça (1º) durante as comemorações do Ano-Novo, na área central da capital econômica da Costa do Marfim. (Foto: AFP)