X
Cotidiano

Conta de luz ficará 16,4% mais cara na Baixada a partir deste sábado

Aumento será para clientes da CPFL Piratininga, que atende 1,8 milhão de unidades consumidoras nos municípios do interior e litoral

Conta de luz vai ficar mais cara e consumidor deve preparar bolso / Nair Bueno / Diário do Litoral

A conta de luz vai ficar mais cara. A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou, durante reunião extraordinária, um reajuste de 16,40% nas tarifas da CPFL Piratininga, do grupo CPFL Energia, para consumidores nos municípios do interior e litoral do Estado de São Paulo. A nova tarifa passa a vigorar a partir deste sábado, 23 de outubro. Para os consumidores em alta tensão, como indústrias e comércios de grande porte, o aumento será de 5,69%.

Na Região, o percentual será aplicado para clientes das cidades de Santos, São Vicente, Cubatão e Praia Grande, além do Distrito de Vicente de Carvalho, em Guarujá.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

De acordo com o diretor e relator do processo, Efrain Cruz, o reajuste acontece em um momento de indicadores inflacionários pressionados e de escassez hídrica nos reservatórios das hidrelétricas, por isso houve a necessidade de ações pela Aneel para evitar um reajuste elevado, por conta dos custos do despacho térmico.

A Aneel tem feito esse tipo de ação com todas as distribuidoras com reajustes tarifários a partir de junho deste ano, como forma de amenizar o impacto na conta do consumidor.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Mundo

Professor usa plataforma pornô para dar aulas de matemática

O taiwanês trabalhava há tempos no mercado de cursinhos, um ramo milionário em uma região marcada pela competitividade no ambiente educacional

Brasil

Bolsonaro participa da formatura de cadetes do Exército na Aman

Os 391 cadetes são do 4º ano da Turma Dona Rosa da Fonseca

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software