X

Cotidiano

Consumidor pretende gastar 22% mais do que em 2023 na Páscoa

Segundo pesquisa do Sebrae-SP, movimento no comércio para o feriado deve beneficiar 187 mil negócios de pequeno porte no Estado de São Paulo

Da Reportagem

Publicado em 28/03/2024 às 10:16

Atualizado em 28/03/2024 às 10:41

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Os itens que tendem a ser os mais comprados de pequenos negócios são ovos de Páscoa / Agência Brasil

A Páscoa de 2024 promete ser melhor para os pequenos negócios do que a do ano passado. De acordo com pesquisa do Sebrae-SP, o consumidor deve desembolsar, em média, R$ 248 com compras, o que representa um aumento real nos gastos de 22,1%.


Siga as notícias do Diário do Litoral no Google Notícias

Cerca de 187 mil micro e pequenas empresas e Microempreendedores Individuais (MEIs) devem se beneficiar com o movimento no comércio.

Confeiteira de Santos faz sucesso com ovos de Páscoa sem açúcar para bebês


Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Segundo o levantamento, as pessoas pretendem comprar, em média, de dois a quatro presentes em lojas de pequeno porte, sendo 42 mil micro e pequenas empresas e 145 mil MEIs. 

Os itens que tendem a ser os mais comprados de pequenos negócios são ovos de Páscoa, citados por 71% dos consumidores e chocolates, mencionados por 62% deles.

 Os consumidores de pequenos negócios buscam principalmente os chocolates artesanais (38%), recheados (20%) e os produzidos com ingredientes de melhor qualidade (15%). 

Os principais critérios para definir a compra para a Páscoa em pequenos negócios são a qualidade do produto, atributo considerado por 47% dos entrevistados e o preço, na opinião de 39%.

Entre os segmentos com MEIs potencialmente beneficiados estão minimercados, mercearias e armazéns (48 mil MEIs), padarias com predominância de produção própria (41 mil MEIs), padarias com predominância de revenda (13,7 mil MEIs), varejo de doces, balas e bombons (5 mil MEIs) e fabricação de derivados do cacau e chocolates (3,4 mil MEIs).

Na hora da compra, 53% dos consumidores pretendem fazer as compras para a Páscoa de forma totalmente presencial; 6% afirmam que vão comprar apenas pela internet.

A forma preferida de pagamento será o cartão de crédito, opção manifestada por 62% dos entrevistados. O PIX aparece em segundo lugar, com 55% da preferência, seguido do cartão de débito (40%), dinheiro (22%), transferência bancária (5%) e boleto bancário (1%).

A pesquisa "Páscoa e pequenos negócios" foi elaborada a partir de duas sondagens. A sondagem com consumidores, pessoas físicas, foi realizada por e-mail entre 20 e 26 de fevereiro. 

A segunda sondagem, com a opinião dos empreendedores, foi feita por telefone. Essa sondagem é um suplemento da pesquisa Indicadores Sebrae-SP, realizada com a colaboração da Fundação Seade.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Diário Mais

Mau presságio? Branqueamento de corais pode ser sinal da morte dos oceanos; entenda

Estruturas são a base do Oceano

Nacional

Não perca as contas: você sabe quantas vezes o cantor Fábio Jr. se casou?

A lista é bem extensa e pode confundir os fãs

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter