Com a chegada do frio, escolas da Baixada Santista preparam 'dia do esquenta'

Neste sábado, 2,3 mil unidades do programa Escola da Família iniciam campanha de arrecadação de roupas que segue durante todo semestre

Comentar
Compartilhar
06 MAI 201514h00

A mudança do clima dos últimos dias já mobilizou o calendário de eventos das escolas rede estadual paulista. As 2,3 mil unidades participantes do programa Escola da Família, sendo 77 delas da Baixada Santista, dão neste mês a largada para a campanha de doação de roupas e cobertores. Neste sábado (9), elas receberão o projeto "Dia do Esquenta". A proposta é as escolas se transformem durante todo o semestre em pontos de arrecadação.

Cada unidade de ensino tem autonomia para decidir para quais instituições serão encaminhados os agasalhos, sapatos, cachecóis, cobertores e colchões entregues por alunos e comunidade. Além do dia do Esquenta, as escolas da Secretaria da Educação também participam da anual Campanha do Agasalho, organizada pelo Fundo Social. Em sete anos, foram arrecadas nas escolas mais de 10,7 milhões de peças.

 proposta é as escolas se transformem durante todo o semestre em pontos de arrecadação (Foto: Divulgação)

Entre as atividades previstas para este fim de semana, a Escola Estadual Frei Paulo Luig, região Central de São Paulo, confeccionou para a data caixa coletores de roupas. Coube aos alunos do Ensino Fundamental e Médio a decoração dos boxes. No Vale do Ribeira, na Escola Estadual Poeta Domingos Bauer Leite, a direção da unidade organiza um bazar com roupas e outros objetos.

"Todos os anos, alunos e funcionários da Educação se sensibilizam e participam ativamente de campanhas como a do agasalho. As escolas são pontes com a comunidade e dão força para espalhar a solidariedade. Por isso, fazemos um convite a todos que tenham interesse em fazer parte da ação e ajudar quem precisa",  afirma o secretário da Educação, professor Herman Voorwald.