Biometria facial nos ônibus começa a funcionar na segunda-feira

O objetivo é combater fraudes, garantindo que o cartão seja utilizado somente pelo seu titular, real beneficiário do desconto ou ­isenção

Comentar
Compartilhar
28 JUL 2018Por Da Reportagem08h30
O sistema de reconhecimento facial é para os usuários que utilizam passe escolar e o cartão para pessoas com deficiênciaO sistema de reconhecimento facial é para os usuários que utilizam passe escolar e o cartão para pessoas com deficiência

A partir de segunda-feira (30), entra em funcionamento nas linhas de ônibus municipais o sistema de reconhecimento facial para os usuários que utilizam passe escolar (têm desconto de 50% na tarifa) e o cartão para pessoas com deficiência (contam com gratuidade).

A CET-Santos solicitou a implantação da tecnologia à permissionária do serviço de transporte coletivo, autorizando a adoção da biometria para esses dois grupos de usuários. O objetivo é combater fraudes, garantindo que o cartão seja utilizado somente pelo seu titular, real beneficiário do desconto ou ­isenção.

Quando o cartão for encostado no validador para liberação da catraca, a câmera instalada acima vai captar imagens (total de cinco) do passageiro. Elas serão processadas e comparadas com as do banco de imagens (feitas por ocasião do cadastramento do usuário) da ­permissionária.

A liberação da catraca ocorrerá normalmente, mas se posteriormente o sistema detectar divergência entre as imagens, o usuário será convocado para, em sete dias, se justificar.

Caso não apresente explicações, será advertido sobre o bloqueio do cartão em caso de reincidência. O bloqueio poderá ser de 60 dias (1ª reincidência) a 360 dias (terceira).