Base da Guarda Civil Municipal de Bertioga passa por reforma

Objetivo é o melhor aproveitamento do local. Secretário ainda anunciou novos serviços no setor de segurança.

Comentar
Compartilhar
14 FEV 201319h26

A base da Guarda Civil Municipal (GCM) de Bertioga, instalada no Paço Municipal, vem passando por reformas. O antigo galpão está recebendo novas instalações para melhor aproveitamento do local. A obra está permitindo a criação de quatro ambientes, sendo um para atendimento ao público 24 horas, com um banheiro adaptado, salas de inspetoria, de instrução, de supervisão com almoxarifado, além de refeitório e banheiros femininos e masculinos. Todo o piso foi trocado e foram instaladas divisórias que permitem melhor distribuição dos setores.

As instalações, segundo o comandante da GCM, Giovani do Amaral, permitirão mais qualidade no atendimento ao público, além de oferecer melhores condições de trabalho aos guardas civis. “A infraestrutura não era adequada, havia somente um banheiro, por exemplo. Agora poderemos separar os setores e otimizar os serviços”.

A previsão de entrega das obras é de 60 dias e o secretário de Segurança e Cidadania, Eduardo Silveira Bello, já está planejando a implantação de novos serviços na base da GCM. “Com instalações mais adequadas, vamos implantar um Centro Operacional de Monitoramento e de Inteligência”, anunciou o secretário.

O Centro de Monitoramento será instalado na base da GCM e contará com acesso às informações da Polícia Militar, de forma a garantir maior apoio ao trabalho de segurança na cidade. Bello informou que aguarda o remanejamento de verbas para a implantação de seis câmeras de monitoramento, sendo duas na ponte sobre o Rio Itapanhaú, duas na Rodovia Mogi-Bertioga (SP-98) e duas na Rodovia Rio-Santos (SP-55), próximas ao bairro Riviera de São Lourenço.

“Essa será uma das primeiras ações para implantar o sistema de monitoramento. Esses pontos são fundamentais para a segurança da Cidade”. A previsão é de que o sistema seja implantado após a conclusão das obras de reforma da base.

O secretário ainda revelou que vem recebendo total apoio do prefeito Mauro Orlandini para a implantação de novos procedimentos para o setor. “Ao criar a Secretaria de Segurança e Cidadania ele já demonstrou essa preocupação e vem apoiando todas as iniciativas”.

Concurso da GCM

O aumento do contingente de guardas civis também está entre as novidades da Secretaria de Segurança e Cidadania. Segundo Bello, está sendo estudada pela municipalidade a possibilidade de realização de concurso público para a criação de novos cargos para a GCM. Ele lembra que desde que foi criada, a Guarda conta com o mesmo efetivo, que atende a contento uma Cidade com cerca de 20 mil habitantes. “Bertioga conta com mais de 47 mil habitantes, o número de guardas deveria ser pelo menos o dobro”, ponderou.

O secretário está elaborando um relatório com a relação de postos e especializações para o setor. O documento deverá ser entregue na próxima semana para avaliação do prefeito Mauro Orlandini. “Minha expectativa é bastante positiva”, adiantou Bello.