Entrada da Cidade

Padre é baleado em São Vicente durante tentativa de assalto

Elmiran Ferreira, da Paróquia Senhor Bom Jesus, na Vila Zilda, em Guarujá, foi atingido por um tiro no braço

Comentar
Compartilhar
14 MAR 2018Por Da Reportagem15h48
O Padre Elmiran Ferreira já está em casaFoto: Divulgação/Diocese

O Padre Elmiran Ferreira, da Paróquia Senhor Bom Jesus, na Vila Zilda, em Guarujá, sofreu uma tentativa de assalto em São Vicente na noite desta terça-feira (13) e foi atingido por um tiro no braço. Os dois bandidos que participaram da ação ainda não foram presos até a tarde de hoje (14). Após exames realizados nesta quarta-feira (14), não foi constatado nada grave e o padre já está em casa.

Elmiran dirigia pela Rua Walt Disney, próximo à Rua Salvador, na Cidade Náutica, quando avistou os criminosos. Pressentindo que seria roubado ele acelerou com o carro. Um dos bandidos então realizou o disparo que acertou o braço do religioso. Ele continuou dirigindo com uma mão e buzinando para pedir socorro. Chegando a um posto policial, registrou boletim de ocorrência e foi encaminhado para o Hospital Municipal de São Vicente.

Em nota, a Diocese de Santos lembra que o crime ocorreu no período de Quaresma, quando a Igreja Católica no Brasil realiza a Campanha da Fraternidade sobre a violência no Brasil. "Rezemos pelo seu pronto restabelecimento e que o Senhor da Misericórdia nos ajude a viver este tempo da Quaresma na solidariedade com todas as vítimas da violência".

"Rezemos pelo seu pronto restabelecimento e que o Senhor da Misericórdia nos ajude a viver este tempo da Quaresma na solidariedade com todas as vítimas da violência", diz a nota assinada pelo padre Vagner Argolo e pelo bispo D. Tarcísio Scaramussa, da Diocese de Santos.

Milagre

O Padre Elmiran Ferreira participou do segundo milagre atribuído à Madre Teresa de Calcutá, responsável pela cura de um morador de Santos.

Na ocasião, o homem estava internado em estado grave com hidrocefalia e uma infecção no cérebro. Sua esposa então foi até a Paróquia Nossa Senhora Aparecida, em São Vicente, e conversou com o padre.

Ela pediu auxílio e Elmiran Ferreira deu para ela um santinho de Madre Teresa e pediu para que ela rezasse em nome da beata.

 

Colunas

Contraponto