Entrada da Cidade

Defesa de acusados por tripla tentativa de homicídio em quiosque pedirá habeas corpus

Os acusados foram presos pela Polícia Civil na última quinta-feira (21)

Comentar
Compartilhar
23 DEZ 2017Por Gilmar Alves Jr.12h10

A defesa dos dois homens presos na quinta-feira sob a acusação de uma tripla tentativa de homicídio em agosto, em um quiosque no Embaré, em Santos, entrará com pedido de habeas corpus junto ao Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP).

“No nosso entender não havia a necessidade da decretação da prisão temporária. Isso porque a prisão temporária é decretada somente quando imprescindível para a investigação ou quando o autor do delito não é localizado. No presente caso, ambos foram previamente identificados e localizados, pois possuem residência fixa e trabalho lícito. Ou seja, para localizá-los e ouvi-los não se faz necessária a decretação da prisão”, afirmou o advogado Matheus Guimarães Cury.

Vitor Hugo dos Santos, de 26 anos, e Álvaro da Silva Neto, de 34, estão na cadeia anexa ao 5º Distrito Policial (Bom Retiro).

Posicionamento

O quiosque Burgman informou, em nota, que lamenta o episódio e prestou atendimento às vítimas. Afirmou que dispõe de equipe de segurança particular e que, lamentavelmente, os indivíduos resistiram à ação dos seguranças. 

O estabelecimento ressalta ter colaborado com as investigações fornecendo as imagens de monitoramento que possibilitaram a identificação e a prisão dos autores. 

Por fim, o Burgman frisou que repudia qualquer ato de violência e que investe em profissionais para garantir a segurança dos clientes, em conjunto com a polícia e com a Guarda Municipal. 

Colunas

Contraponto