02h : 00min

Conheça o
Caderno + DL

Ler

Assine o Jornal por R$8
por mês no plano atual

AssineLer Jornal

Victor Ferraz não se preocupa com reservas da Chape contra o Palmeiras

Garantido na final da Sul-Americana, o time catarinense pega o Verdão neste domingo com time misto. Um empate nesta partida daria título para o Palmeiras

Comentar
Compartilhar
24 NOV 2016Por Alyson Gonçalo17h00
O lateral-direito Victor Ferraz disse não estar preocupado com o rendimento da equipe de ChapecóFoto: Ivan Storti/ Santos FC

Com a classificação da Chapecoense para a final da Copa Sul-Americana, o técnico Caio Júnior deve mandar um time misto para o jogo contra o Palmeiras, neste domingo, pela 36ª rodada do Brasileirão. Esta situação interfere diretamente nas chances de título do Santos no torneio. Isso porque, enfrentando um time recheado de reservas, o Verdão – em tese – teria ainda mais chances de conquistar ao menos um empate e garantir o caneco da competição nacional.

Ciente da facilidade que o líder Palmeiras pode enfrentar no jogo decisivo deste final de semana, o lateral-direito Victor Ferraz disse não estar preocupado com o rendimento da equipe de Chapecó. O jogador mostrou conhecimento em relação ao elenco e fez elogios aos jogadores que não vem atuando com frequência na Chapecoense, como o meio-campista Sérgio Manoel e o centroavante Bruno Rangel, que devem atuar neste domingo.

“Essa coisa de time reserva nem tem muito mais no nosso futebol. Estamos conseguindo que esses rótulos mudem um pouco, porque vão entrar jogadores que jogaram poucos jogos. Talvez eles mudem o Josimar pelo Sergio Manoel. Kempes por Bruno Rangel. Não dá pra dizer quem é o titular, assim como aconteceu quando jogamos contra o Grêmio e Inter”, disse.

O camisa 4 também fez questão de lembrar a importância da vitória sobre o Flamengo, no Maracanã. Afinal, se não vencer o time carioca fora de casa, o Peixe dá adeus às possibilidades de título do Campeonato Brasileiro, já que não conseguirá alcançar o Palmeiras na tabela de classificação. Hoje, restando duas rodadas para o fim, o Alvinegro tem 68 pontos, enquanto o Verdão tem seis a mais.

“Temos também que se concentrar no nosso jogo. Flamengo tem uma grande equipe e vamos pensar só no nosso jogo. Se vencermos o nosso, vamos procurar saber como foi o jogo da Chapecoense. Não quero dar respostas prontas, mas é normal até pelo respeito que temos pelo Flamengo”, completou o jogador.

Colunas

Contraponto

Construtora CredLar