02h : 00min

Conheça o
Caderno + DL

Ler

Assine o Jornal por R$8
por mês no plano atual

AssineLer Jornal

São Paulo demite Ricardo Gomes e já inicia busca por novo técnico

Ricardo Gomes assumiu o São Paulo dia 21 de agosto

Comentar
Compartilhar
23 NOV 2016Por Gazeta Press14h30
Ricardo Gomes não é mais técnico do São Paulo Futebol ClubeFoto: Divulgação

Ricardo Gomes não é mais técnico do São Paulo Futebol Clube. Marco Aurélio Cunha, executivo de futebol do clube, convocou a imprensa de forma repentina no início da tarde desta quarta-feira para fazer o anúncio do desligamento do treinador, que comandou o treino desta quarta-feira normalmente antes de ser chamado para a reunião na área interna do CT. O dirigente não quis dar entrevista e não respondeu a nenhuma questão, apenas fez o comunicado para formalizar o ato na sala de imprensa do CT da Barra Funda.

“O São Paulo Futebol Clube anuncia que teremos uma mudança no comando técnico. Ricardo Gomes e o auxiliar Luiz Otávio deixam o clube. Agradecemos o trabalho. Vamos começar novos planos e rumos dentro da nossa ideologia para 2017. O Pintado será o treinador interino para os jogos que faltam e na pré-temporada, para a Flórida Cup, já teremos o novo treinador”, disse Cunha, em rápidas palavras.

Ricardo Gomes assumiu o São Paulo dia 21 de agosto . Desde então, o time do Morumbi entrou em campo 18 vezes, venceu em seis oportunidades, empatou cinco partidas e acabou derrotado em sete jogos. Atualmente, a equipe ocupa apenas a 13ª na tabela de classificação do Brasileirão, com 46 pontos. Somando a outra passagem do técnico no comando do time, entre junho de 2009 e agosto de 2010, ao todo seu retrospecto é de 90 jogos, com 44 vitórias, 26 derrotas e 20 empates.

O rompimento partiu da diretoria do São Paulo, que já estava decidida há alguns dias, mas aguardou “o melhor momento” para fazer o anúncio. Como o time já não aspira mais nada na temporada e faltam apenas dois jogos para as férias coletivas, o presidente Leco e sua cúpula entenderam que esse seria o momento ideal. Segundo Marco Aurélio Cunha, Ricardo Gomes entendeu a situação e recebeu a notícia de forma “muito educada e compreensiva”, como de costume.

Agora, o Tricolor do Morumbi vai ao mercado. A diretoria já tem um leque de opções e espera definir o mais rápido possível em que irá centralizar seus esforços. Rogério Ceni segue sendo o nome preferido, mas, o São Paulo trabalha com outros nomes por entender que o ex-camisa 01 talvez ainda não deseje retornar ao clube nesse momento. A intenção é contratar um técnico com uma “nova linha ideológica” e que tenha tempo para trabalhar desde a pré-temporada, com o objetivo de fazer o São Paulo voltar a brigar por títulos.

Colunas

Contraponto

Construtora CredLar