Membro do Comitê de Gestão do Santos morre em acidente no cais

Antônio Carlos Cintra, de 78 anos, tentou fazer uma manobra no estacionamento da Capitania dos Portos, mas caiu na água e não conseguiu deixar o veículo a tempo

Comentar
Compartilhar
01 SET 2017Por Diário do Litoral16h53
Antônio Carlos Cintra morreu na noite da última quinta-feira (31)Foto: Divulgação

Membro do Comitê de Gestão do Santos Futebol Clube, Antônio Carlos Cintra, de 78 anos, morreu na noite da última quinta-feira (31), em trágico acidente no estacionamento da Capitania dos Portos, entre os armazéns 27 e 29. As autoridades responsáveis abriram investigação para apurar os fatos.

De acordo com informações obtidas pelo Diário do Litoral, Cintra, que estava em uma reunião da Soamar (Membro da Sociedade Amigos da Marinha/Santos), da qual fazia parte, tentou fazer uma manobra com o carro na borda do cais, mas caiu na água e não consegui deixar o veículo a tempo.

Como estava preso ao cinto de segurança e com os vidros do veículo fechados, o dirigente santista teve dificuldades para sair do local. Ele ainda foi socorridos por pessoas que estavam próximas ao acidente, mas não resistiu. O óbito foi confirmado pela Capitania dos Portos de São Paulo (CPSP).

O presidente do Santos, Modesto Roma Júnior, decretou luto de sete dias. O velório teve início às 13h (de Brasília) desta sexta-feira (01), no Salão Imperial do Memorial Necrópole Ecumênica, no bairro do Marapé, em Santos. No mesmo local, às 17 horas, o corpo será cremado.

Na próxima reunião do Conselho Deliberativo do Peixe, Modesto terá que indicar outro membro para o comitê gestor. O grupo de dirigentes auxilia o cartola alvinegro nas principais decisões do clube.

Diário da Copa

RUSSIA 2018
Faltam
dias para a Copa

Colunas

Contraponto