Promo DL

Campanha do Corinthians surpreende até o técnico Fábio Carille

Após 13 rodadas, o clube de Parque São Jorge tem 35 pontos conquistados em 39 possíveis

Comentar
Compartilhar
13 JUL 2017Por Folhapress13h30

Nem Fábio Carille consegue evitar a surpresa com a campanha do Corinthians.

Líder com 12 pontos de vantagem sobre o Santos, segundo colocado do Campeonato Brasileiro, a equipe está invicta na competição e derrotou o Palmeiras por 2 a 0 nesta quarta (12), no Allianz Parque.

Após 13 rodadas, o clube de Parque São Jorge tem 35 pontos conquistados em 39 possíveis.

"Os resultados, como estão acontecendo, como somos frios mesmo com poucas oportunidades, como aconteceu contra o Grêmio Isso me surpreende, esse poder de concentração do grupo", disse o treinador após a vitória no clássico.

O Corinthians tem 27 partidas de invencibilidade na temporada. Na próxima rodada, enfrenta o Atlético-PR sábado (15), no Itaquerão.

Terá os desfalques de Rodriguinho e Arana, que receberam o terceiro cartão amarelo no Allianz Parque.
Carille nem quis saber das ausências. Para ele, seria como desprestigiar o elenco, o que ele não aceita.

"É um time taticamente muito bem organizado. Os jogadores têm uma entrega fora do normal. É uma equipe de homens, que sabe o que quer. Cada dia me surpreendendo mais com o Jô, que não só vocês tinham dúvidas, mas nós também. O Jadson estava na China...", completa.

Como joga sempre da mesma forma, com o mesmo esquema e montou um sistema defensivo que dificilmente é superado (cinco gols sofridos no Brasileiro), ele admite que o Corinthians tem um entrosamento que dificilmente é igualado pelos rivais. E os jogadores concordam com isso.

Arana lembra que o segundo gol no Allianz Parque aconteceu porque ele e Romero haviam percebido a possibilidade de construir a jogada: o lançamento nas costas da zaga para a finalização cruzada.

"Disse para o Romero para fingir que ia tocar para o meio e fazer o lançamento longo. Eu já teria disparado. Deu certo e saiu o segundo gol. Foi uma partida excelente para mim", disse o lateral.

Colunas

Contraponto