Santos Vacinação 2

Operação Verão começa hoje na Baixada Santista

A Secretaria de Segurança Pública informou, em nota, que 2.954 policiais reforçarão a Região

Comentar
Compartilhar
20 DEZ 2017Por Caroline Souza10h00
De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, os números oficiais do reforço de cada cidade serão ­divulgados hoje. A Operação Verão segue até depois do CarnavalFoto: Rodrigo Montaldi/DL

A Operação Verão começa hoje em todas as cidades da Baixada Santista. Na última sexta-feira, o governador Geraldo Alckmin assinou decretos autorizando as jornadas extraordinárias para os policiais civis e militares que atuarão no litoral.

A Secretaria de Segurança Pública informou, em nota, que 2.954 policiais reforçarão a Baixada Santista (Santos, Guarujá, Bertioga, Cubatão, São Vicente, Praia Grande, Mongaguá, Itanhaém e Peruíbe), Vale do Ribeira (Iguape, Cananeia, Ilha Comprida) e Litoral Norte (Ilha Bela, São Sebastião, Ubatuba e ­Caraguatatuba).

A reportagem do Diário do Litoral entrou em contato com as Prefeituras que, apesar de ainda não terem ­confirmação, aguardam as seguintes designações pelo Governo do Estado do reforço de efetivo de policiais: Santos (260), Guarujá (300), Bertioga (130), Cubatão (40), São Vicente (200), Praia Grande (322), Mongaguá (85), Itanhaém e Peruíbe (91).

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, os números oficiais do reforço de cada cidade serão ­divulgados hoje. A Operação Verão segue até depois do Carnaval.

Cidades realizam outras ações para garantir segurança

Além do reforço dos policiais militares na Operaçãwo Verão, as cidades da Baixada Santista realizam outras ações neste final de ano, visando garantir a segurança de munícipes e turistas.

Em Santos, o efetivo da Guarda Municipal será reforçado. De acordo com a Prefeitura, 130 homens e mulheres trabalharão na orla da praia 24h, em turnos. Além disso, onze viaturas irão circular nas avenidas da praia em ronda constante.

Ainda segundo a Prefeitura, tendo em vista oferecer mais segurança nos bairros comerciais, a Operação Cidade Segura continua no Centro, e a partir da semana que vem, o Gonzaga recebe a Operação Especial.

O efetivo também será reforçado no Sistema de Monitoramento.

Já na Cidade de Praia Grande, foram contratados 120 guarda-vidas temporários e a Guarda Civil Municipal suspendeu as férias e licenças no período.

Guarujá também conta com o trabalho da Guarda Civil Municipal e do aumento no número de guarda-vidas temporários. A Secretaria de Defesa e Convivência Social de Guarujá, através da Força Tarefa, da Guarda Civil Municipal, da Polícia Militar e de fiscais municipais irão realizar operações de fiscalização, verificando atividades proibidas para o ambiente das praias, como tendas montadas na areia, som abusivo, uso de jet-skis, ambulantes, e repressão ao comércio irregular, uso indevido dos calçadões, retirada de equipamentos depositados nas áreas de circulação pública, infrações de trânsito, barreiras de transporte e fila da balsa.

A Prefeitura de Mongaguá realizou recentemente concurso para aumento do efetivo da Guarda Civil Municipal e as vagas ainda estão sendo preenchidas. Além disso, segundo a Prefeitura, o sistema de monitoramento por câmeras, que é uma ferramenta de apoio às forças de segurança, conta hoje com 18 equipamentos e em breve ganhará o aporte de mais nove.

Em Itanhaém, 90 salva-vidas temporários vão ajudar no atendimento aos banhistas.

A Guarda Municipal de Peruíbe estará com reforço de horas extras e maior número de rondas pela cidade.
Cubatão não possui Guarda Municipal, mas conta com a Operação Delegada, em que policiais atuam em serviços de patrulhamento por contrato especial com a Municipalidade.

Diário da Copa

RUSSIA 2018
Faltam
dias para a Copa

Colunas

Contraponto