09h : 11min

Conheça o
Caderno + DL

Ler

Assine o Jornal por R$8
por mês no plano atual

AssineLer Jornal

Jornais espanhóis atacam Neymar após confirmação de transferência

O colunista Mascaró escreveu que o jogador 'é o melhor exemplo do que significa o esporte profissional hoje em dia: o dinheiro acima de tudo'

Comentar
Compartilhar
02 AGO 2017Por Folhapress23h30
A confirmação da transferência para o PSG foi confirmada nesta quarta-feira (2)Foto: Manu Fernandez/Associated Press/Estadão Conteúdo

Após a confirmação da transferência de Neymar do Barcelona ao PSG, nesta quarta-feira (2), a notícia repercutiu nos principais veículos esportivos espanhóis, que invariavelmente atacaram o brasileiro.

No jornal catalão "Sport", o colunista Lluís Mascaró disse que Neymar só pensa em dinheiro. O diário "Marca", por sua vez, comparou o jogador a Luís Figo, português que trocou o Barcelona pelo rival Real Madrid em 2000.

O "Sport", da Catalunha, destaca o momento do anúncio de Neymar aos companheiros e lembra que muitos jogadores do Barcelona tentaram convencer o jogador a ficar, o que acabou sendo em vão.

"Naquele momento, logo após entrar pela porta do vestiário, fez o anúncio final para seus companheiros: ele deixará o clube e assinará com o PSG. Uma mensagem que muitos jogadores do Barça tentaram evitar, convencendo o brasileiro que nenhum lugar seria melhor do que o Barça, mas que acabou por ser inútil", destaca.

O colunista Mascaró escreveu que o jogador "é o melhor exemplo do que significa o esporte profissional hoje em dia: o dinheiro acima de tudo".

"Neymar veio ao Barça por dinheiro. Pelos 40 milhões de euros (cerca de R$ 147 milhões, na cotação atual) de taxa que Sandro Rosell pagou ao seu papai. Uma operação que colocou o clube entre a espada e a parede, sendo inclusive julgado e condenado por dupla fraude fiscal."

O "Mundo Deportivo", também da Catalunha, reforça que a decisão de Neymar foi "inflexível", restando ao Barcelona apenas comunicar à imprensa a iminente transferência.

Na comparação que o "Marca" fez de Neymar com Luís Figo, o jornal afirma que "como naquela ocasião, a torcida do Barcelona foi queimando etapas. Começou com descrença, começaram a entender e agora estão na fase da raiva".

Colunas

Contraponto