Entrada da Cidade

A Forma da Água leva o Oscar de melhor filme

Guilhermo del Toro (A Forma da Água) ganhou o Oscar de melhor diretor, Gary Oldman (O Destino de uma Nação), o de melhor ator, e Frances McDormand (Três Anúncios para um Crime), o de melhor atriz

Comentar
Compartilhar
05 MAR 2018Por Bárbara Farias02h30
A Forma da Água ganhou 4 OscarsFoto: Divulgação

No ano em que completa 90 anos, a cerimônia do Oscar 2018 foi mais política do que nunca. Celebrando acima de tudo os imigrantes, levando ao palco atores e atrizes de nacionalidades diversas, do México, do Paquistão, do Quênia, numa clara mensagem a Donald Trump contra a sua política anti-imigração.

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas não poderia ter outra posição, considerando que a comunidade artística é bem diversificada, formada por homens, mulheres, crianças, transexual, heterossexuais, homossexuais, brancos, negros e asiáticos etc.

O Oscar 2018 deu voz a todos, levantando a bandeira do movimento "Times Up".

Mas vamos ao assunto principal da festa: os vencedores.

O Oscar de melhor filme foi para "A Forma da Água". O conto de fadas dirigido por Guilherme del Toro ganhou quatro prêmios. Faye Dunaway e Warren Beatty anunciaram o filme vencedor novamente. Dessa vez, deu tudo certo! (risos).

Guilherme del Toro, de "A Forma da Água", ganhou o Oscar de melhor diretor. Ele era favorito ao prêmio e torna-se o terceiro cineasta mexicano a ganhar um Oscar. A estatueta de Del Toro foi a quarta estatueta do México no Oscar 2018.

Gary Oldman conquistou a estatueta de melhor ator, por sua atuação como Winston Churchill, em "O Destino de uma Nação". Ele era favorito ao prêmio.

Frances McDormand ganhou o Oscar de melhor atriz, como já era esperado. É a segunda estatueta dela. A primeira veio com Fargo, em 1997.

"Dunkirk", dirigido por Christopher Nolan, foi o filme que mais ganhou Oscars. O longa-metragem ganhou três estatuetas.

O Oscar de melhor ator coadjuvante foi para Sam Rockwell, de "Três Anúncios para um Crime". Ele concorria ao prêmio, entre outros atores, com o colega de elenco Wood Harrelson.

O Oscar de melhor atriz coadjuvante foi para Alisson Jeaney, de "Eu, Tônia". O único prêmio conquistado pelo filme.

Animação "O Touro Ferdinando", do brasileiro Carlos Saldanha, não levou. O vencedor da categoria foi  "Viva: A Vida é uma Festa", da Disney/Pixar, e que retrata o Dia dos Mortos mexicano. A vitória do filme também representou mais um protesto contra a política anti-imigração de Donald Trump.

Melhor filme em língua estrangeira

O chileno "Uma Mulher Fantástica" ganhou o prêmio de melhor filme em língua estrangeira. A atriz principal é a transexual Daniela Vega. 

Mary J. Blige

A atriz e cantora Mary J. Blige concorreu em duas indicações, o que é inédito no Oscar. Ela foi indicada como melhor atriz coadjuvante, por "Mudbound", e também na categoria de melhor canção original, "Mighty River",  do mesmo filme.

"Times Up"

Salma Hayek, Annabela Sciorra e Ashley Judd subiram ao palco pra falar do movimento Times Up, contra abusos sexuais e a favor da diversidade de gênero e de etnia. Um vídeo foi exibido a seguir mostrando atores, atrizes, produtores, cineastas, enfim, a comunidade do cinema clamando por mais diversidade nas telonas.

Melhor Roteiro adaptado

O veterano James Avory, de 89 anos, levou a estatueta de melhor roteiro adaptado por "Me chame por seu nome", filme produzido pelo brasileiro Rodrigo Teixeira. Homossexual, Avory falou sobre o primeiro amor em seu discurso e sobre respeito às pessoas que se relacionam com outras do mesmo sexo.

Melhor roteiro original

"Corra" levou o Oscar de melhor roteiro original. Quem assina o roteiro é Jordan Peele, indicado também como melhor diretor.

Confira a lista de indicados:

Melhor Filme

Me Chame pelo Seu Nome

O Destino de uma Nação

Dunkirk

Corra!

Lady Bird – É Hora de Voar

Trama Fantasma

The Post – A Guerra Secreta

A Forma da Água - vencedor

Três Anúncios para um Crime

 

Melhor Diretor

Martin McDonagh, por Três Anúncios para um Crime

Jordan Peele, por Corra!

Greta Gerwig, por Lady Bird – É Hora de Voar

Paul Thomas Anderson, por Trama Fantasma

Guillermo del Toro, por A Forma da Água - vencedor

 

Melhor Ator

Timothée Chalamet, por Me Chame pelo seu Nome

Daniel Day-Lewis, por Trama Fantasma

Daniel Kaluuya, por Corra!

Gary Oldman, por O Destino de uma Nação - vencedor

Denzel Washington, por Roman J. Israel, Esq.

 

Melhor Atriz

Sally Hawkins, por A Forma da Água

Frances McDormand, por Três Anúncios para um Crime - vencedora

Margot Robbie, por Eu, Tonya

Saoirse Ronan, por Lady Bird – É Hora de Voar

Meryl Streep, por The Post – A Guerra Secreta

 

Melhor Roteiro Adaptado

Me Chame pelo seu Nome – James Avory vencedor

Artista do Desastre

A Grande Jogada

Logan

Mudbound

 

Melhor Roteiro Original

Doentes de Amor

Corra! - vencedor

A Forma da Água

Lady Bird – É hora de voar

Três Anúncios para um Crime

Melhor Ator Coadjuvante

Willem Dafoe, por Projeto Flórida

Woody Harrelson, por Três Anúncios para um Crime

Richard Jenkins, por A Forma da Água

Sam Rockwell, por Três Anúncios para um Crime- vencedor

Christopher Plummer, por Todo o Dinheiro do Mundo

 

Melhor Atriz Coadjuvante

Mary J. Blige, por Mudbound

Allison Janney, por Eu, Tonya - vencedora

Lesly Manville, por Trama Fantasma

Laurie Metcalf, por Lady Bird – É hora de voar

Octavia Spencer, por A Forma da Água

 

Melhor Filme em Língua Estrangeira

Uma Mulher Fantástica (Chile) - vencedor

O Insulto (Líbano)

Loveless (Rússia)

On Body and Soul (Hungria)

The Square (Suécia)

 

Melhor Design de Produção

A Bela e a Fera

Blade Runner 2049

O Destino de uma Nação

Dunkirk

A Forma da Água - vencedor

 

Melhor Fotografia

Blade Runner 2049 - vencedor

O Destino de uma Nação

Dunkirk

Mudbound

A Forma da Água


 

Melhor Figurino

A Bela e a Fera

O Destino de uma Nação

Trama Fantasma - vencedor

A Forma da Água

Victória e Abdul

 

Melhor Maquiagem

O Destino de uma Nação - vencedor

Extraordinário

Victoria & Abdul

 

Melhor Edição

Dunkirk - vencedor

Em Ritmo de Fuga

Eu, Tonya

A Forma da Água

Três Anúncios para um Crime

 

Melhor Edição de Som

Em ritmo de fuga

Blade Runner 2049

Dunkirk - vencedor

A Forma da Água

Star Wars: O Último Jedi

 

Melhor Mixagem de Som

 

Em Ritmo de Fuga

Blade Runner 2049

Dunkirk - vencedor

A Forma da Água

Star Wars: Os Últimos Jedi

 

Melhores Efeitos Visuais

Blade Runner 2049 - vencedor

Guardiões da Galáxia

Kong - A Ilha da Caveira

Planeta dos Macacos - A Guerra

Star Wars: Os Últimos Jedi

 

Melhor Animação

O Poderoso Chefinho

Com Amor, Van Gogh

O Touro Ferdinando

The Breadwinner

Viva - A Vida É uma Festa - vencedor

 

Melhor Curta de Animação

Dear Basketball - vencedor

Garden Park

Lou

Negative Space

Revolting Rhymes

 

Melhor Curta

Dekalb Elementary

The 11 O’clock

My Nephew Emmett

A Criança Silenciosa - vencedor

Waty Wote/All of us

 

Melhor Trilha Sonora

Dunkirk - Hans Zimmer

Trama Fantasma - Jonny Greenwood

A Forma da Água – Alexandre Desplat - vencedor

Star Wars: Os últimos Jedi – John Williams

Três anúncios para um Crime - Carter Burwell

 

Melhor Canção Original

Mighty River", de Mudbound: Lágrimas sobre o Mississippi

Remember Me, de Viva - A Vida É uma Festa - vencedor

Stand Up for Something, de Marshall

The Mystery of Love, de Me Chame pelo Seu Nome

This is Me, de O Rei do Show

 

Melhor documentário

Abacus: Small Enough to Jail

Icarus - vencedor

Last Man in Aleppo

Strong Island

Visages, Villages

 

Melhor Curta de Documentário

Heroin(e)

Edith + Eddie

Heaven is a traffic jam on the 405 - vencedor

Knife Skills

Traffic Stop

Colunas

Contraponto