Trabalhadores da Sabesp decidem adiar a greve para a próxima quarta-feira (31)

O Sindicato dos Urbanitários tomou a decisão em assembleia realizada na noite desta segunda (29), Categoria pleiteia um reajuste salarial de 8,26%

Comentar
Compartilhar
29 MAI 2017Por Da Reportagem21h03
Decisão de adiamento da greve ocorreu em assembleia realizada na noite desta segunda-feira (29)Foto: Divulgação/SINTIUS

Os trabalhadores da Sabesp estiveram reunidos em assembleia na noite de segunda-feira, dia 29, para ratificar greve que aconteceria a partir das 00 hora do dia 30. Mas, a categoria decidiu adiar, considerando que haverá na mesma data uma audiência de conciliação no TRT-SP. Por esta razão, deliberaram aguardar a mediação da Justiça e deflagrar greve para o dia 31, caso o resultado da conciliação não atenda aos anseios dos trabalhadores da empresa.

A categoria, entretanto, voltará a se reunir em assembleia no dia 30, as 18h30, para confirmar o movimento paredista. O Sindicato dos Urbanitários pleiteia aos cerca de 1.200 funcionários da Baixada Santista e do Vale do Ribeira um reajuste salarial de 8,26%, sendo 3,26% referentes à reposição da inflação dos últimos 12 meses e 5% de aumento real. No entanto, a empresa até o momento não apresentou nenhuma proposta nesse sentido aos trabalhadores que tem a data-base em 1º de maio.