Atos e protestos vão marcar Dia dos Aposentados

Para relembrar o Dia Nacional do Aposentados, a categoria realiza amanhã atos públicos e religiosos.

Comentar
Compartilhar
23 JAN 201315h50

 Sindicato Nacional dos Aposentados, pensionistas e idosos (Sindnap) realiza na quinta-feira (23), Dia nacional dos aposentados, um grande ato para relembrar a data e protestar contra as decisões tomadas pelo governo federal em não extinguir o fator previdenciário e também por não conceder aumento acima da inflação para os aposentados que ganham acima do salário mínimo.

O ato que tem o apoio da diocese de São Paulo será realizado em frente à Igreja da Sé, a partir das 09:00 hs e contará com uma benção do Frei Odécio Lima de Souza, que é capelão militar da marinha Brasileira de São Paulo.

“Não podemos mais aceitar as imposições do governo em relação aos aumentos das aposentadorias. Se continuarmos com a política vigente de aumentos diferenciados, entre quem ganha um salário mínimo e quem ganha mais de um salário, teremos em breve no Brasil, todos os aposentados ganhando apenas um salário mínimo de aposentadoria.”, disse o presidente da entidade, João Inocentini. Já a  Cobap promove ato religioso na Catedral de Aparecida do Norte .

Aposentados - Antonio Carlos Domingues da Costa (2º à dir), Nilton Oliveira, João  Teixeira Pascoal e Edson Nascimento , estiveram no DL para divulgar o evento. (Foto: Matheus Tagé/ DL)

Em Santos, entidades promovem protestos e manifestações, a partir das 10 horas, na Praça Mauá, no Centro.Trabalhadores Aposentados, Pensionistas e Idosos da Baixada Santista vão participar de missa de Ação de Graças na Igreja Coração de Maria e depois de ato solene em comemoração ao Dia Nacional do Aposentados, na sede da Atmas, Rua São Paulo, 47.

Os dois eventos são para relembrar o Dia dos Aposentados e comemorar os 90 anos da Previdência Social no País.. conforme explica Antonio Carlos Domingues da Costa, presidente da Atmas e da Anapi.

Ele esteve no DL junto com os diretores da entidade, João Teixeira Pascoal, Nilton Oliveira e Edson Oliveira do Nascimento.