X
Santos

Spray de espuma continua proibido no carnaval santista

O objetivo da medida é proteger os foliões de malefícios como irritações na pele e nos olhos, além de alergias e dificuldade respiratória

O spray de espuma segue proibido no carnaval santista / Divulgação

O spray de espuma segue proibido no carnaval santista. A utilização deste tipo de produto é ilegal desde o ano passado, quando foi sancionada a Lei Complementar 929. O objetivo da medida é proteger os foliões de malefícios como irritações na pele e nos olhos, além de alergias e dificuldade respiratória.

Outro fator em questão é a segurança, já que, sob efeito da espuma, as pessoas ficavam mais suscetíveis a furtos e outras ações criminosas. Em eventos de grande porte, como desfiles de banda e o Carnabonde, a fiscalização será feita pela Guarda Municipal.

O uso do spray neste tipo de evento acarreta multa de R$ 1 mil. E ambulantes que estiverem comercializando o produto sem licença terão a mercadoria apreendida. Já a venda em estabelecimentos regularizados não é proibida.

 

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Esportes

Após forçar saída, Marinho reencontra Santos em meio à pressão no Flamengo

Marinho é reserva no Flamengo, e fez apenas dois gols em 23 jogos na temporada

Brasil

Memória: a história do Castelinho da Rua Apa

Imóvel, construído em 1912, ficou famoso após ser palco de uma tragédia familiar

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software