X
Santos

Saúde é área com maior investimento público para 2022 em Santos

Até o momento, a LOA prevê que R$786,7 milhões sejam investidos na área da Saúde no próximo ano

A programação orçamentária foi apresentada durante audiência pública sobre a Lei Orçamentária Anual / Divulgação/ Raimunda Rosa/ Prefeitura de Santos

O Orçamento Municipal de Santos prevê uma verba de R$3,7 bilhões para 2022, com destaque para a Saúde, que receberá R$786,7 milhões, área com maior investimento social. A programação orçamentária foi apresentada na noite desta terça-feira (21) durante audiência pública sobre a Lei Orçamentária Anual (LOA) do próximo ano.

A previsão é que R$1,5 bilhões seja aplicado nas áreas socias (Educação, Saúde e Desenvolvimento Social), o que representa um aumento de 8,6% na comparação com o previsto para a atual administração.

O encontro foi realizado no auditório do Centro Administrativo (Rua Dom Pedro II, nº 25 - Centro) e também pode ser acompanhado pela internet. Do total do Orçamento, R$ 3,1 bi serão para a Administração Direta (órgãos e secretarias municipais) e R$ 598,5 milhões para a administração indireta (autarquias e fundações). 

A Saúde é a área com mais recursos, na sequência está a Educação com R$ 695 milhões. Completando a área social, R$ 75,6 milhões estão previstos para a pasta de Desenvolvimento Social.

Santos aplicará na Saúde 22,2% da arrecadação dos impostos próprios e de transferências citadas pela Constituição – o mínimo exigido é de 15%. Já na Educação, a aplicação de recursos seguindo a legislação será de 25,21% (o mínimo é 25%). 

Receitas

As principais fontes de receita do município para o próximo ano serão oriundas do ISS (Imposto Sobre Serviços), R$ 850,5 milhões; IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), R$ 557,3 milhões; ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), R$ 493 milhões. As transferências de recursos estaduais devem corresponder a R$ 319 milhões e, de recursos federais, a R$ 305 milhões. 

"Apesar dos impactos da pandemia, as receitas próprias da cidade tiveram evolução, puxadas principalmente pela retomada de muitas atividades econômicas, a movimentação de cargas no Porto de Santos e o aquecimento do mercado imobiliário", explica o secretário municipal de Planejamento e Inovação, Fábio Ferraz.

Aprovação

As sugestões enviadas pelos munícipes durante a audiência pública e pelos canais da Ouvidoria serão avaliadas pelas equipes técnicas da Prefeitura. A proposta da LOA deve ser encaminhada pelo Executivo até 30 de setembro para aprovação na Câmara de Vereadores. Ela provê os recursos necessários para o alcance dos programas e metas das leis de diretrizes orçamentárias (LDO) e do plano plurianual (PPA), já aprovadas no Legislativo e sancionadas no final de julho.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Dois PMs morrem com suspeita de febre maculosa durante curso

Vítimas eram instrutores da COPC, que teve uma fase de curso em área de mata. Casos seguem em análise pela Fiocruz

Se já estava ruim, vai piorar! Petrobras anuncia novo aumento nas refinarias

Reajuste passa a valer nesta terça-feira (26) para gasolina e diesel

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software