SABESP AGOSTO DESK TOPO
SABESP AGOSTO MOB

Estacionamento do novo Mercado de Peixes mudará

DL flagrou estacionamento lotado enquanto interior do equipamento tinha poucas pessoas em seu interior fazendo compras

Comentar
Compartilhar
02 AGO 2020Por LG Rodrigues08h26
A ocorrência levou até mesmo à criação de um requerimento de autoria do vereador Ademir Pestana (PSDB).Foto: NAIR BUENO/DIÁRIO DO LITORAL

O estacionamento do novo Mercado de Peixes em Santos tem gerado mal-estar entre os clientes do recém-inaugurado equipamento da Ponta da Praia. Diversos frequentadores têm apontado que o local está sempre lotado de carros, enquanto o comércio se encontra vazio. Ou seja, eles apontam que a falta de controle no acesso leva qualquer pessoa a deixar o veículo na área, e não é destinado exclusivamente aos clientes.

A ocorrência levou até mesmo à criação de um requerimento de autoria do vereador Ademir Pestana (PSDB) direcionado ao Executivo. O texto foi apresentado durante a 45ª sessão ordinária, que foi realizada na última terça-feira (29).

Em seu texto, o parlamentar afirma que a inauguração do novo Mercado de Peixes fez com que o local ficasse lotado devido à curiosidade dos usuários em conhecer o novo local. O problema, de acordo com ele, é que o estacionamento continua lotado, independente do horário, mesmo não havendo clientes nos boxes.

O edil ainda inseriu em seu requerimento trechos de falas de moradores de Santos que levaram seu gabinete a redigir o documento enviado ao prefeito Paulo Alexandre Barbosa.

Durante uma visita ao Mercado de Peixes na última quarta-feira (22), a Reportagem verificou que, de fato, o estacionamento estava lotado enquanto, em seu interior, pelo menos mais da metade dos boxes não estava fazendo atendimento de nenhum cliente no mesmo período.

Simultaneamente a isso, nenhum profissional fazia o controle da entrada de carros ou motos no estacionamento, apenas acompanhavam a chegada dos clientes no imóvel a pé, independente se eles entravam no equipamento após deixar o carro ao lado do Mercado de Peixes, ou não, devido à pandemia do novo coronavírus.

Ao final de seu requerimento, o vereador ainda questiona a administração Paulo Alexandre Barbosa como está sendo feito o controle de acesso ao estacionamento e se existe alguma rotatividade das vagas com controle de tempo ou sobre a existência de alguma licitação em andamento para concessão do estacionamento rotativo pago que englobe o estacionamento tanto do Centro de Convenções, que ainda se encontra em obras, quanto do Mercado de Peixes.

O Diário do Litoral entrou em contato com a Prefeitura de Santos e questionou se o problema relatado pelo vereador e por moradores da cidade realmente procede. Apesar disso, a secretaria de comunicação de Santos entrou em contato com a secretaria de finanças, que enviou uma nota afirmando que a instituição está estudando, em conjunto com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) de Santos, medidas para controlar e melhorar o fluxo e veículos no estacionamento do Novo Mercado de Peixes, na Ponta da Praia.

Segundo o informativo enviado à redação, o objetivo é garantir a rotatividade e a comodidade a todos usuários, inclusive o fluxo do trânsito no local com nova sinalização. Com isso, a Prefeitura deverá assegurar o uso do local apenas para os consumidores e visitantes do novo Mercado de Peixes, localizado na Avenida Mário Covas, 3050, entre a Rua Dona Amélia Leuchtemberg e a Rua Vereador Henrique Soler.