SABESP AGOSTO DESK TOPO
SABESP AGOSTO MOB

‘Mestre do sabor’ programa inauguração de restaurante do Mercado de Peixes para agosto

Chef de cozinha Dário Costa revela como vai funcionar o restaurante Paru dentro do novo mercado

Comentar
Compartilhar
26 JUL 2020Por Da Reportagem11h35
Dário Costa sagrou-se campeão do reality show Mestre do SaborFoto: Sam Kobayashi

Localizado no mezanino do novo Mercado de Peixes de Santos, o restaurante Paru é agora a prioridade do chef de cozinha Dário Costa, que obteve o direito de exploração do espaço após processo licitatório realizado pela Prefeitura. Na última quinta-feira (23), ele sagrou-se campeão do reality show Mestre do Sabor, e, neste sábado (25), disse que trabalha com o prazo de um mês “para deixar tudo perfeito”, programando a inauguração para agosto.

Os três meses de gravação do programa o impediram de iniciar os trabalhos no mercado, aberto ao público no dia 18. "Meu foco agora está no Paru e no Açougue do Mar”, afirma, referindo-se também ao serviço de venda de pescados que funcionará no mesmo local.

Especificamente sobre o restaurante, ele diz que o objetivo é “conseguir fazer uma comida incrível, no estilo fast food, usando só ingredientes regionais e frutos do mar”. No cardápio haverá sanduíches, porções, peixes e frutos do mar na brasa, “tudo servido em embalagens ecológicas e descartáveis”.

“O cliente fará o pedido no caixa ou no totem. Depois, retirará a comida no balcão da cozinha, sem formalidade alguma”, adianta o chef, expondo a ideia de redução da produção de lixo. “O menu será enxuto justamente para que não haja desperdício, valorizando o simples e aproveitando ao máximo todas as partes do peixe”.

 

Outro conceito adotado é o de consumo sustentável, com exploração de sabores locais. “Nossos peixes serão de águas brasileiras, muitas vezes de pesca artesanal daqui da região. Não serviremos salmão ou nenhum outro peixe que viajou de avião para chegar à região. Temos muito orgulho dos peixes e frutos do mar da nossa fauna. Quase 100% dos nossos legumes e verduras serão orgânicos de agricultura familiar, pois nos orgulhamos do que é nosso e nossa missão é fazer com que pensemos duas vezes antes de dar preferência para a produção industrial de alimentos”.

Prevenção
Para prevenção à Covid-19, o funcionamento do restaurante seguirá os protocolos sanitários exigidos para este tipo de estabelecimento de acordo com a fase vigente do Plano São Paulo de retomada econômica.

Na entrada do Mercado de Peixes já é realizada aferição de temperatura corporal e aplicação de álcool em gel nas mãos. Há ainda limitação de 40% da capacidade de público e uso obrigatório de máscara facial por clientes e funcionários.