Dia do Bonde é festejado com o retorno de elétrico mais antigo em circulação do Brasil

Ponto turístico histórico da Cidade já fez sua reestreia nesta quarta (22), sendo uma das atrações da abertura da Primavera Criativa

Comentar
Compartilhar
22 SET 2021Por Da Reportagem22h21
O Bonde de Santos fez sua reestreia nesta quarta (22), sendo uma das atrações da abertura da Primavera CriativaO Bonde de Santos fez sua reestreia nesta quarta (22), sendo uma das atrações da abertura da Primavera CriativaFoto: Nathália Filipe/PMS

Em Santos, o dia 23 de setembro é dedicado a um verdadeiro xodó da Cidade: o bonde. E, neste ano, a data é marcada pelo retorno à linha turística de um dos seus mais belos exemplares, o Bonde 32. O veículo já fez sua reestreia nesta quarta (22), sendo uma das atrações da abertura da Primavera Criativa, evento organizado pela Prefeitura.

As atividades seguem nesta quinta-feira, Dia do Bonde, com direito a meia tarifa (R$ 3,50) nos passeios da Linha Turística do Centro Histórico. Foram também programadas viagens noturnas, valendo o mesmo desconto de 50%, com direito a música ao vivo, mas os ingressos já estão esgotados.

Já no sábado e domingo (25 e 26/9) haverá gratuidade em todas as saídas, que ocorrem das 11h às 17h. Os bondes partem da antiga Estação do Valongo.

 

RENOVAÇÃO

A reforma do Bonde 32 teve como foco a restauração dos elementos principais do veículo, os motores de tração. Outros serviços executados foram a revisão completa dos sistemas elétrico e mecânico, a substituição de todas as rodas por novas e a recuperação do madeiramento com aplicação de verniz marítimo para maior conservação. O elétrico ganhou também nova pintura, com preservação das características originais do veículo.

O detalhe curioso é que a revisão mecânica inseriu tecnologia ao bonde, com a instalação de inversor de frequência para movimentar o motor que mantém os sistemas de som e de iluminação.

"É realmente algo desafiador, utilizar recurso tecnológico em um bonde que tem 108 anos", comemora Marcos Rogério Nascimento, engenheiro que coordena a equipe especializada da CET responsável pelo trabalho de restauro e reforma dos elétricos santistas.

O veículo ficou quase dois anos na Garagem dos Bondes para a reforma. O andamento dos serviços foi afetado pelas restrições impostas pela pandemia de covid-19, inclusive no tocante à entrega de peças por fornecedores.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp: https://bit.ly/diariodolitoral
Mantenha-se bem informado.

HISTÓRICO DO 32

Construído em 1911, o bonde 32 é aberto e o mais antigo elétrico em circulação no País. De origem escocesa, tem estribo duplo, que, no século passado, facilitava o acesso de mulheres com saia e vestido.

Conta com nove bancos e o assento do motorneiro é trabalhado em couro. O Bonde 32, com capacidade para 45 passageiros, foi o elétrico que inaugurou a Linha Turística do Centro Histórico, em 23 de setembro de 2000.