Bonde de Santos terá passeios noturnos para comemorar aniversário de 21 anos

A linha turística do bonde completa 21 anos nesta quinta-feira (23).

Comentar
Compartilhar
20 SET 2021Por Da Reportagem19h20
Bonde turístico completará 21 anosBonde turístico completará 21 anosFoto: Raimundo Rosa/PMS

A linha turística do bonde completa 21 anos nesta quinta-feira (23). Para marcar o aniversário desta atração turística que já encantou mais de 1,8 milhão de pessoas e é uma das mais queridas de Santos, inclusive reconhecida internacionalmente (https://www.santos.sp.gov.br/?q=noticia/bonde-de-santos-e-uma-das-atracoes-mais-bem-avaliadas-de-portal-internacional-de-turismo), o passeio será realizado excepcionalmente à noite, com direito à meia tarifa (R$ 3,50).

Integrando a Primavera Criativa (https://www.santos.sp.gov.br/?q=hotsite/primavera-criativa), as saídas especiais serão realizadas às 18h, 19h, e 20h com música ao vivo a cargo do saxofonista Maurício Fernandes, que irá tocar clássicos da música brasileira. Com capacidade para 36 passageiros, estará em circulação à noite o Bonde Arte, acompanhado por um guia da Secretaria de Empreendedorismo, Economia Criativa e Turismo (Seectur).

Vale lembrar que a linha turística circula normalmente a partir das 11h, e neste dia, a meia tarifa valerá para todas as saídas. Os ingressos já podem ser adquiridos na bilheteria do Museu Pelé (Largo Marquês de Monte Alegre, 1 - Valongo), das 10h30 às 17h, de terça a domingo. 

HAPPY HOUR

Com esse clima de happy hour, não poderiam faltar deliciosas porções, que poderão ser adquiridas no Estação Bistrô Restaurante-Escola, além das opções gastronômicas do Café da Tia Ada (no Museu Pelé) e cervejas artesanais.  

Para completar a programação, o Museu Pelé terá horário estendido até 20h para que todos tenham a oportunidade de visitar a Casa do Rei e conhecer sua trajetória e conquistas. O valor da entrada é R$ 10. 

INFORMAÇÕES

A linha turística do bonde oferece uma verdadeira viagem no tempo por cerca de 40 pontos de interesse histórico e cultural. Com saída da Estação do Valongo - prédio de 1867, da primeira ferrovia paulista -, os elétricos dos séculos 19 e 20 percorrem o Centro Histórico, em roteiro monitorado por guia de turismo.

São veículos originais, procedentes da Escócia, Portugal e Itália, que garantem a Santos o primeiro Museu Vivo Internacional de Bondes da América Latina. Os motorneiros e condutores vestem réplicas do uniforme original da época em que os bondes eram o principal meio de transporte na Cidade.

Mais informações sobre o bonde em https://turismosantos.com.br/?q=pt-br/node/72.