Bonde da orla resgata identidade e recebe decoração natalina

O elétrico vai ganhar nova pintura, em vermelho e metálico, e ainda será completado com decoração natalina

Comentar
Compartilhar
05 DEZ 2020Por Da Reportagem08h14
Ao seu lado, na praça, será instalado um painel com informações a respeito do bonde e da linha 39Foto: Rogério Bomfim/PMS

Uma das atrações da orla santista, o bonde da Praça das Bandeiras, no Gonzaga, passa por reforma e, até o final da próxima semana, deve voltar a receber visitantes e servir de cenário para as habituais fotos feitas pelos frequentadores das praias. O elétrico vai ganhar nova pintura, em vermelho e metálico, e ainda será completado com decoração natalina.

As cores do carro são as mesmas de quando circulava pela avenida da praia na segunda metade dos anos 1960, como um dos bondes da linha 39. O trajeto começava na antiga Estação do Valongo, no Centro Histórico, incluía Avenida Rangel Pestana, Avenida Ana Costa, praia e Rua Alexandre Martins, com ponto final na Praça Nossa Senhora Aparecida. No total, um percurso de 1h20 minutos.

 

RESGATE

Ao seu lado, na praça, será instalado um painel com informações a respeito do bonde e da linha 39. Construído em 1911 na Escócia, originalmente, seu prefixo era 23 e a carroçaria, aberta.

A partir 1919, com o início da construção de bondes em Santos, este veículo ganhou o novo prefixo - 46. Nos anos 1950, diversos elétricos foram transformados em fechados, através de projeto inteiramente desenvolvido pela então operadora do sistema, a Serviço Municipal de Transporte Coletivo (SMTC).

O bonde 46 vem resgatar esse período, com as últimas cores utilizadas no sistema de bondes, que teve seu fim decretado em 28 de fevereiro de 1971.