X
Polícia

PG: família procura gata levada por casal enquanto descansava na porta de casa

Apesar de acreditar que o casal não fez por maldade, Gustavo registrou um boletim de ocorrência no 1.º DP de Praia Grande como furto de animal; Mimi faz companhia para a mãe dele, que também é idosa

Ainda segundo o relato de Gustavo, a gatinha Mimi é idosa e está debilitada / Reprodução: Redes Sociais

Uma família de Praia Grande está há quase uma semana procurando pela gata conhecida por Mimi, que é idosa e foi levada por um casal na porta de casa. Câmeras de segurança registraram o momento em que um homem e uma mulher pegam o animal, que descansava na calçada, em frente a residência dos tutores. O caso ocorreu no último sábado (7), por volta das 14h, na Rua Marechal Eurico Gáspar Dutra, no bairro Canto do Forte. 

O filho dos tutores, Gustavo Pacheco Veiga, de 43 anos, explicou que Mimi raramente fica na calçada, mas que consegue sair pelas grades da casa e sempre espera seus donos retornarem. 

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.


Nas imagens de câmeras de segurança dos vizinhos, foi possível visualizar duas pessoas levando o animal. Na segunda-feira (9), Gustavo desceu a Serra e conseguiu identificar o casal de jovens que levou a gata nos braços. Com a ajuda de alguns moradores, ele conseguiu acompanhar a movimentação do casal até a Rua Bahia, sentido Boqueirão.

Ele ainda comentou que não acredita que o casal tenha levado a gata por maldade, e sim por acreditarem que ela estava abandonada. No entanto, ele ressaltou que a atitude foi um tanto inconsequente, já que gata estava na calçada em frente ao portão de casa e não estava em um terreno, jogada. 

Na família desde 2016
Ainda segundo o relato de Gustavo, a gatinha Mimi é idosa e está debilitada — ela manca, e durante a noite vomita demais. Ela mora com a família desde 2016, quando foi abandonada na porta da casa e acolhida pelos pais dele.

Mimi faz companhia para a mãe de Gustavo, que também é idosa. Ele contou que a mãe coloca duas cadeiras, senta em uma e a gata em outra, e fica dando comida para ela. 

Apesar de acreditar que o casal de jovens não fez por maldade, Gustavo registrou um boletim de ocorrência no 1.º DP de Praia Grande como furto de animal. Ele também publicou diversos pedidos de ajuda em suas redes sociais. 

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Guarujá

Workshop sobre de gestão portuária e empresarial acontece na quinta-feira (30)

As inscrições podem ser realizadas até a próxima segunda-feira (27); haverá certificação internacional para os participantes

Litoral Norte

Inverno quente no Circuito Litoral Norte de São Paulo: atrativos e eventos agitam a temporada

Mesmo durante a estação mais fria do ano, as cinco cidades continuam formando um dos principais destinos do estado para curtir a natureza

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software