Tiroteio termina com mais de dez pessoas baleadas em Praia Grande

De acordo com informações preliminares da Polícia Militar, ainda não há informações precisas sobre o paradeiro dos autores dos disparos

Comentar
Compartilhar
05 MAI 2021Por LG Rodrigues01h15
Tiroteio terminou com ao menos 14 pessoas baleadas na Vila Sônia, em Praia GrandeTiroteio terminou com ao menos 14 pessoas baleadas na Vila Sônia, em Praia GrandeFoto: TV São Vicente News / Facebook

Mais de dez pessoas foram baleadas durante o fim da noite desta terça-feira (4) e o começo da madrugada desta quinta-feira (5) no bairro Vila Sônia, em Praia Grande. De acordo com informações do Batalhão da Polícia Militar da cidade, todas as vítimas foram levadas para o Hospital Irmã Dulce e o Pronto Socorro do Jardim Quietude. Até o momento, as autoridades não sabem informar se os autores dos disparos foram capturados, mas a Reportagem conseguiu apurar que nenhuma pessoa veio a óbito após serem vítimas do ataque.

As primeiras informações sobre o tiroteio começaram a ser veiculadas pelas redes sociais a partir de 00h00. De acordo com internautas, um motoqueiro passou por um trecho da Praça da 12, localizada na Vila Sônia, e efetuou uma série de disparos contra grupos de pessoas, que foram atingidas enquanto dezenas de outros moradores conseguiram fugir do local às pressas. Em contato com o Batalhão da Polícia Militar, o Diário do Litoral foi informado que o ataque ocorreu por volta das 23h ainda de terça-feira, e que os autores dos disparos foram dois homens em uma motocicleta preta e ao menos dez pessoas foram atingidas.

Agentes da Guarda Civil Metropolitana também prestam apoio à Polícia Militar, mas não há informações se os autores dos disparos foram presos. Em contato com o Pronto Socorro do Quietude, a Reportagem foi informada que seis pacientes deram entrada na unidade de saúde após o ataque, mas nenhuma delas sofreu ferimentos fatais. Já junto ao Hospital Irmã Dulce, o Diário do Litoral apurou que oito pessoas foram submetidas a procedimentos médicos na instituição e nenhum deles corre risco de morte.

Com isso, o total de vítimas do ataque é de 14 pessoas.

A Polícia Civil também já foi mobilizada e estava no Hospital Irmã Dulce por volta das 1h15 para apurar o estado de saúde das vítimas do tiroteio. Até o fechamento desta matéria, ninguém foi preso e a motivação dos disparos ainda está sendo investigada.