Trio é preso por aplicar golpes em familiares de detentos

Os bandidos deverão responder por estelionato, lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Comentar
Compartilhar
03 NOV 2018Por Folhapress17h33
A quadrilha se passava por juízes para extorquir os familiares dos presos.A quadrilha se passava por juízes para extorquir os familiares dos presos.Foto: Ilustração/FP

Uma quadrilha originária do Ceará foi detida nesta quinta-feira por policiais civis da região de Presidente Venceslau (611 km de SP) depois de aplicar um golpe em familiares de presos.

Segundo a Polícia Civil, foram seis meses de investigações que terminaram com a detenção de um trio nas cidades de Itaitinga e Maracanaú, ambas no Ceará, por extorsão de grana de parentes de detentos no interior de São Paulo.

Os policiais civis afirmam que os integrantes do bando se passavam por juízes e obtinham dados e informações sobre presos que passariam pelas audiências de custódia. Dessa maneira, eles entravam em contato com familiares dos detentos e exigiam o pagamento de uma fiança para que fossem libertados.

Um quarto integrante da quadrilha ainda é procurado pelos investigadores.

Os bandidos deverão responder por estelionato, lavagem de dinheiro e associação criminosa.