Taxista é feito refém na própria casa no Pae Cará

Quatro ladrões, que estavam em busca de um cofre, permaneceram na casa da vítima por cerca de duas horas

Comentar
Compartilhar
12 MAI 201511h12

Um taxista de 56 anos foi mantido refém por cerca de duas horas ao ter a casa invadida por quatro assaltantes em Vicente de Carvalho, no município de Guarujá.

O caso, ocorrido na manhã do último sábado, foi comunicado pela vítima à Polícia Civil ontem, no 2º Distrito Policial de Guarujá.

De acordo com o relato do taxista, os bandidos reviraram a residência em busca de um cofre. Após constatarem que não havia cofre, eles fugiram levando R$ 1,2 mil, dois celulares e cartões bancários no carro da vítima, um Fiesta preto.

A chegada dos criminosos ao imóvel, no bairro Pae Cará, ocorreu por volta das 7 horas. O taxista estava no quintal quando foi rendido pela quadrilha, sendo que três dos bandidos exibiram armas de fogo. Todos estavam com os rostos cobertos.

Mediante ameaças de morte, o bando conduziu a vítima para o interior de casa e iniciou as buscas pelo cofre em diversos cômodos.

Por volta das 9 horas, após se apoderarem dos bens e do dinheiro do dono da casa, os criminosos o amarraram no banheiro e fugiram. O carro, abandonado pelos bandidos na Vila Áurea,  foi recuperado ainda na tarde de sábado pela vítima.

Investigações

De acordo com o setor de investigações do 2º DP de Guarujá, ainda não havia pistas dos bandidos na noite de ontem. Denúncias que ajudem a identificar os bandidos podem ser transmitidas pelo telefone 181. Não é necessário se identificar.