Polícia Civil detém 76 pessoas em seis cidades da Baixada Santista

Deflagrada pela Delegacia Seccional de Santos, a ação visou reprimir diversos tipos de crimes. Entre os detidos estão 11 adolescentes, sendo que cinco foram apreendidos em flagrante

Comentar
Compartilhar
01 MAI 201500h45

Uma operação deflagrada ontem pela Polícia Civil deteve 76 pessoas, sendo 11 adolescentes, nos municípios de Santos, São Vicente, Cubatão, Praia Grande, Bertioga e Guarujá. O objetivo foi o combate a diversos tipos de crimes, entre eles roubo e tráfico de drogas.

Na relação de apreensões de destaque estão um fuzil de calibre 7.62, recolhido em Praia Grande, em uma casa onde um adolescente foi detido; 22 quilos de maconha encontrados em um barraco sobre palafitas em Guarujá e suplementos alimentares proibidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que foram encontrados dentro de um carro, em Santos, resultando na prisão de um homem acusado pela comercialização.

Em entrevista coletiva no início da noite de ontem, ao término da operação, o delegado-seccional de Santos, Manoel Gatto Neto, anunciou os números e destacou a importância da retirada de criminosos de circulação para proporcionar mais segurança à população. 

Fuzil fabricado na Sérvia estava sob o poder de adolescente em Praia Grande (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Gatto comentou a apreensão do fuzil, que tem procedência sérvia e estava sob a guarda de um adolescente de 17 anos a mando de um adulto, já identificado. “É uma arma de guerra com alto poder letal”, frisou.

O delegado-seccional também citou uma ação de policiais do 2º DP e do 7º DP de Santos, que evitaram um furto de motocicleta, na Vila Mathias, próximo a uma universidade, e prenderam um dos criminosos. 

De acordo com o balanço da blitz, 14 pessoas foram detidas em flagrante, sendo nove adultos e cinco adolescentes. Vinte e sete pessoas com mandados de prisão criminal decretados foram capturadas, além de 25 que tinham contra si mandados de prisão administrativa e de seis menores com apreensão determinada pela Justiça. Completam a lista de detenções quatro pessoas que cometeram crimes de menor potencial ofensivo.

Vinte e dois quilos de maconha foram apreendidos em uma casa sobre palafitas no Guarujá (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Além dos 22 quilos de maconha apreendidos em Guarujá, mais 2,4 quilos da droga foram recolhidos em outras ocorrências. Também ocorreu a apreensão de 2,3 quilos de cocaína e de 169 gramas de crack. Quatro veículos foram recuperados e ainda houve apreensão de 15 máquinas caça-níqueis e mais duas armas.

Os trabalhos, que ocorreram entre 0h e 17h, mobilizaram mais de 100 policiais civis.