X

Polícia

Suspeito de matar mãe em Barueri, homem é detido pela ROMU em Mongaguá

A perícia apontou que a vítima havia sido agredida no rosto e o pescoço estava envolto em um pedaço de pano

LG Rodrigues

Publicado em 05/03/2024 às 22:05

Atualizado em 20/03/2024 às 09:44

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Segundo as autoridades, ele era considerado suspeito de ter matado a própria mãe em Barueri, interior de São Paulo, na segunda-feira (4), e confessou o crime ao ser encaminhado para o Distrito Policial Sede de Mongaguá / Nair Bueno/Diário do Litoral

Siga as notícias do Diário do Litoral no Google Notícias

Um homem foi detido nesta terça-feira (5) por agentes das equipes da Ronda Ostensiva Municipal de Mongaguá, a ROMU. Segundo as autoridades, ele era considerado suspeito de ter matado a própria mãe em Barueri, interior de São Paulo, na segunda-feira (4), e confessou o crime ao ser encaminhado para o Distrito Policial Sede de Mongaguá.

O crime ocorreu na segunda-feira. Segundo testemunhas, e reportagem da TV Record, ele deixou sua casa, onde morava com a mãe, em Barueri, no começo da tarde e pediu para que uma vizinha, que realizava serviços de motorista, o levasse até Praia Grande.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

No meio do trajeto, a condutora percebeu que o rapaz agia de forma suspeita, mas o levou até o litoral, onde o deixou e, em seguida, ligou para um outro vizinho pedindo para que o mesmo checasse se a mãe do passageiro estava bem. Ao entrar no imóvel, entretanto, as pessoas que decidiram ajudar o vizinho encontraram a mulher morta.

Segundo o delegado Andreas Schiffmann, a polícia imediatamente suspeitou de que o filho havia sido o autor do assassinato. "Por enquanto não há nenhum outro suspeito ou outro caminho, então a polícia está bem convicta que ele deve ter sido o autor do crime".

PM suspeito de matar torcedor com tiro na cabeça é identificado pela Polícia

A perícia apontou que a vítima havia sido agredida no rosto e o pescoço estava envolto em um pedaço de pano. O homem não tinha passagens pela polícia.

Ele foi localizado quase 24 horas após o crime. Segundo a ROMU, o suspeito foi localizado na plataforma de pesca de Mongaguá, onde ele tentou tirar a própria vida usando uma faca, mas não prosseguiu com o intuito e saltou na água ao perceber a presença dos agentes.

Mulher é presa acusada de matar namorado após empurrá-lo de passarela

Com apoio dos profissionais do Corpo de Bombeiros, que ajudaram a tirar o homem da água, o filho da vítima foi detido e encaminhado para o Distrito Policial Sede de Mongaguá, onde, ainda segundo a ROMU, confessou o crime.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Santos

Vamos comemorar? 15ª Festa de Portugal será em junho

Um dos principais atrativos do evento é a Praça de Alimentação, com a venda de tradicionais pratos típicos, doces conventuais, cervejas e vinhos portugueses

Santos

'Encontro das Cidades ODS' contará com reflexão e ação pela Agenda 2030

Evento acontece em junho, no Centro Histórico de Santos

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter