PM da reserva é baleado e mulher morre durante assalto no ABC

De acordo com a PM, o sargento aposentado voltava a pé de um culto com a mulher quando foi abordado por dois assaltantes na Rua Martins, na região de Pauliceia, em São Bernardo do Campo

Comentar
Compartilhar
11 MAI 201512h22

Um policial militar da reserva foi baleado e a mulher dele morreu em uma tentativa de assalto na noite deste domingo, 10, em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. Suspeito de ter participado do ataque, um homem também morreu durante uma troca de tiros com PMs pouco depois. Os policiais ainda procuram um dos criminosos.

De acordo com a PM, o sargento aposentado voltava a pé de um culto com a mulher quando foi abordado por dois assaltantes na Rua Martins, na região de Pauliceia, em São Bernardo do Campo. O crime aconteceu por volta das 20h45.

Na tentativa de assalto, o policial teria reagido, sacado a arma e trocado tiros com os bandidos. O sargento, no entanto, acabou atingido no joelho. Já a mulher foi baleada nas costas. Ainda segundo a PM, a dupla teria tentado roubar um carro minutos antes na mesma região.

As vítimas foram socorridas para o hospital, mas a mulher do PM não resistiu aos ferimentos. O policial continua internado e, de acordo com a corporação, seu estado de saúde é estável.

Na fuga, um dos criminosos invadiu o quintal de uma casa para se esconder, mas os policiais conseguiram localizá-lo e fizeram um cerco na residência. A PM afirma que houve troca de tiros e o suspeito acabou atingido. Ele morreu antes da chegada da ambulância.

De acordo com a corporação, uma pistola calibre .40 foi apreendida com o suspeito. Os policiais ainda procuram o segundo assaltante. O caso é investigado pelo 2º Distrito Policial (Rudge Ramos)de São Bernardo do Campo.