Pintor é preso por tráfico de entorpecentes no Centro de Santos

Policiais da Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise) de Santos apreenderam 19 pedras de crack no flagrante

Comentar
Compartilhar
09 NOV 201212h33

Um pintor, de 38 anos, foi preso por tráfico de drogas, na tarde de quarta-feira (08), no Centro de Santos. Policiais da Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise) de Santos apreenderam 19 pedras de crack no flagrante. 

Denúncia anônima transmitida à Dise indicou que Edinalvo de Jesus Santos comercializava entorpecentes na Rua São Francisco, próximo ao numeral 379. Suas características físicas e vestimentas foram relatadas na denúncia.

Sob o comando do delegado Francisco Garrido Fernandes, do chefe dos investigadores, Paulo Álvaro Ribeiro, a investigadora Rosangela Boso Moreira, e o policial Rodrigo Antônio de Oliveira Ventura, diligenciaram até o local da denúncia. 

Durante monitoramento, eles avistaram Santos atendendo pessoas, em atitude típica do tráfico de drogas. O acusado recebia dinheiro de usuários de tóxicos, caminhava até uma guia da via, pegava entorpecentes e entregava para as pessoas que o procuravam.
 
Policiais apreenderam 19 pedras de crack no flagrante (Foto: Divulgação)
 
Ao comprovarem a atitude ilícita, Rosangela e Ventura optaram pela abordagem do acusado. Santos, ao perceber a aproximação policial, entrou em um ferro-velho tentando se esconder, sendo detido dentro do local. Os policiais da especializada recolheram 19 pedras de crack onde o acusado retirava a droga. Ele ainda tentou alegar que estava com apenas quatro pedras do tóxico. 

Questionado sobre a comercialização de entorpecentes, o pintor afirmou que necessitava de oportunidade de trabalho por ter saído recentemente da cadeia. Após o caso ser registrado na Dise pelo delegado Francisco Garrido Fernandes, com auxílio do escrivão Humberto Meziara da Costa, o acusado teve como destino à carceragem pública anexa ao 5º DP, no Bom Retiro (Zona Noroeste).

Colunas

Contraponto