Menino de 11 anos troca tiros com a PM em Praia Grande

O garoto foi perseguido após se envolver em um roubo de carro; um adolescente de 14 anos também foi detido

Comentar
Compartilhar
12 MAI 201516h53

Um garoto de 11 anos, envolvido em um roubo de veículo, trocou tiros com policiais militares durante uma perseguição, na madrugada desta terça-feira (12), em Praia Grande. O menino e um adolescente de 14 anos, também envolvido no roubo, foram detidos e colocados à disposição da Curadoria da Infância e da Juventude. Outros dois envolvidos no assalto conseguiram fugir.

Durante a troca de tiros, por volta das 4 horas, o menino de 11 anos teve um ferimento superficial no braço direito devido a um disparo que o atingiu de raspão. Quando os policiais o contiveram, em um terreno no Jardim Glória, encontraram um revólver de calibre 38 que ele tinha usado no confronto.

O carro roubado foi um Nissan Sentra preto, de um funcionário público federal. A vítima compareceu ao 1º DP de Praia Grande, onde o caso foi registrado, e reconheceu os detidos como autores do roubo.

A criança de 11 anos, segundo o funcionário público, foi quem anunciou o roubo e subtraiu as chaves do veículo de suas mãos.

Ordem de parada

Os policiais se depararam com o Nissan roubado na Rua Ramiro Pinto, às 3h50. Após desembarcarem da viatura, deram ordem de parada, que não foi respeitada pelos ocupantes do veículo. Na fuga, o menino de 11 anos, que estava como passageiro, iniciou o tiroteio.

Na Rua Q, os menores deixaram o carro e seguiram correndo para o terreno onde o tiroteio prosseguiu. Um terceiro envolvido chegou a ser visualizado pelos PMs, mas escapou. O quarto suspeito, descrito pela vítima, não foi visto.

Tanto o menino de 11 anos quanto o adolescente de 14 foram atendidos no Hospital Irmã Dulce antes de serem levados ao distrito policial. Além de ser atingido de raspão por um projétil, o menino teve escoriações no corpo provocadas pela fuga. O adolescente também teve escoriações.