Mais de 190 kg de entorpecente são apreendidos em Cubatão

Policiais civis encontraram os tóxicos em um barraco usado por traficantes da Vila dos Pescadores

Comentar
Compartilhar
06 JAN 201521h30

Uma investigação da Delegacia Sede de Cubatão resultou nesta terça-feira (6) na apreensão de mais de 190 quilos de entorpecentes em um barraco usado por traficantes da Vila dos Pescadores. Os policiais também apreenderam dois fuzis, duas espingardas, materiais relacionados ao tráfico e cadernos com anotações. Não havia ninguém no local no momento da ação policial, por volta das 13h30.

A investigação prossegue objetivando identificar e prender os responsáveis pelo material ilícito.

A equipe do delegado Angel Gomes Martinez, plantonista da Delegacia de Cubatão, e do investigador-chefe, Norberto Pereira, chegou ao barraco usado pelos traficantes após uma hora de buscas.

“Só conseguimos chegar ao local pelo mangue”, declarou Martinez.

Os entorpecentes apreendidos foram 129,6 quilos de maconha, 44,1 quilos de cocaína a granel e 16,3 quilos de crack em pedras.

Entre os materiais relacionados ao tráfico estão uma máscara para confecção das porções de drogas, 10 quilos de pó branco e quatro potes de fermento em pó para misturar cocaína, 27 caixas de papelão cápsulas vazias, seis balanças de precisão, oito peneiras e dois liquidificadores.

Devido à grande quantidade de entorpecentes apreendida, o caso foi registrado na Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise) de Santos, no Palácio da Polícia.

Na delegacia especializada foi instaurado inquérito para prosseguimento das as investigações.

Investigação prossegue para prender os responsáveis pelo material ilícito (Foto: Luiz Torres/DL)

São Vicente

Na tarde de ontem (5), policiais da Dise de Santos prenderam um rapaz de 23 anos em flagrante por tráfico no Jóquei Clube, em São Vicente, e recolheram porções de cocaína e maconha.

A prisão ocorreu após uma campana que foi montada pelos investigadores na Rua Paraguassu.