Ladrão é preso após tentar assaltar PM em Praia Grande

O assaltante, de 33 anos, foi baleado em troca de tiros com o policial. Foi a segunda tentativa de assalto contra PMs à paisana no Guilhermina em 48 horas

Comentar
Compartilhar
16 MAI 201410h40

Guardas civis municipais de Praia Grande detiveram na noite de quarta-feira um assaltante que tentou roubar o carro de um sargento da Polícia Militar no bairro Guilhermina. Antes da detenção, houve troca de tiros entre o policial e o ladrão, W.S.S.C., de 33 anos, que foi baleado. Esta foi a segunda tentativa de assalto contra PMs no Guilhermina em 48 horas.

O sargento alvo da mais recente investida dos ladrões foi abordado na Rua Rubens Ferreira Martins, quando entrava em seu carro um Fiat Siena, pouco depois das 20h. A mulher e os dois filhos do policial estavam no carro.

O PM afirma que três ladrões anunciaram o roubo. Após ele se identificar como policial, o assaltante W.S.S.C. iniciou o tiroteio. O PM efetuou 15 disparos.

W.S.S.C. foi encontrado pelos guardas municipais cambaleando, devido aos ferimentos. Ele ainda tentou escapar, mas foi detido na esquina das ruas Antilhas e Rubens Ferreira Martins.

A arma utilizada pelo assaltante na investida, de calibre 38 e numeração adulterada, foi localizada e apreendida pelos guardas nas imediações.

W.S.S.C. foi socorrido ao Pronto-Socorro do Hospital Irmã Dulce, onde foi medicado. Ele foi levado no início da madrugada de ontem à Delegacia Sede de Praia Grande, onde foi autuado em flagrante por tentativa de roubo e resistência.

Na noite da última segunda-feira, um policial militar reagiu a uma tentativa de assalto no Guilhermina e matou, com dois tiros, um assaltante de 26 anos, que tentava roubar sua moto, uma Honda Biz.

São Vicente

Um policial militar foi vítima de tentativa de roubo na Vila Cascatinha e acabou baleado durante troca de tiros na manhã de quarta-feira. Ele recebeu atendimento médico na Casa de Saúde de Santos e passa bem. Um adolescente envolvido na tentativa de roubo foi baleado no confronto. Ele foi atendido no Pronto Socorro Central de Santos e também passa bem.

O caso foi registrado na Delegacia da Infância e da Juventude de Santos.