Dupla é presa com drogas no México 70

‘Minhoca’ e Bruno foram detidos graças a uma denúncia anônima feita à polícia

Comentar
Compartilhar
16 DEZ 201310h50

Graças a uma denúncia anônima, Rogério Dias Santos, de 28 anos, conhecido como “Minhoca”,  e um rapaz conhecido apenas como Bruno foram presos pela Polícia Militar no México 70, em São Vicente, por suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas.

Com eles, a polícia encontrou grandes quantidades de crack, cocaína e maconha, além de aproximadamente  R$ 13.000,00, em várias notas de R$ 100,00 e de R$ 50,00.

Os policiais apreenderam documentos que podem revelar pessoas ligadas ao tráfico de drogas, munição calibre 38 e  balança de precisão para pesar o entorpecente a ser vendido.

Os entorpecentes encontrados foram 180 pedras de crack, 155 pinos de cocaína e 103 papelotes de maconha.

A grande surpresa para os policiais foi a identificação de que o ponto de venda de drogas da dupla ficava ao lado de uma creche municipal, na Avenida Brasil.

Segundo apurado pela polícia em São Vicente, Minhoca é considerado uma espécie de gerente do tráfico no México 70.

Ele estava com a droga e com documentos que podem mostrar a participação de mais envolvidos e a distribuição dos locais de venda drogas.

Também com ‘Minhoca’ estavam notas totalizando R$ 13.968,00.

Bruno

Bruno foi flagrado pela polícia vendendo drogas em uma viela. O nome completo dele não foi divulgado.