Bandido morre após troca de tiros em Praia Grande

Uma dupla de criminosos fez seis pessoas reféns em uma oficina no bairro Vila Antártica. Uma pessoa que passava pelo local presenciou o crime e chamou a polícia

Comentar
Compartilhar
04 ABR 201410h59

Um bandido morreu após trocar tiros com a polícia, na noite desta quinta-feira, em Praia Grande. Ele e seu comparsa fizeram seis pessoas reféns durante a ação, incluindo uma criança de dez anos. A dupla foi surpreendida pela polícia ao saírem do roubo de uma oficina, no bairro da Vila Antártica. 

De acordo com uma das vítimas, os criminoso chegaram armados no local, e, depois de recolherem os pertences das vítimas, os reféns foram levados para o fundo do local e amarrados com as mãos para trás. Uma pessoa que passava pelo local presenciou o crime e chamou a polícia. 

Durante a troca de tiros, um dos bandidos resistiu à voz de prisão e tentou fugir de moto, porém, acabou sendo atingido por um tiro na perna, e foi encaminhado ao Pronto-Socorro da cidade. O segundo criminoso tentou se esconder atrás de um carro, e, quando localizado pelos policiais, apontou uma arma para os mesmos e acabou sendo baleado, morrendo no local. 

Os pertences dos reféns foram recuperados, além de duas armas que estavam em posse dos assaltantes.