X
Peruíbe

Governador anuncia retomada de obras no hospital de Peruíbe

A obra, que já está com a primeira etapa concluída desde 2018, está orçada em R$ 23.168.093,00

Governador Rodrigo Garcia / Divulgação/ Governo do Estado de SP

O governador de São Paulo Rodrigo Garcia (PSDB) esteve na tarde desta quarta-feira (22), em Peruíbe, para anunciar a retomada da segunda etapa das obras do Hospital Municipal, localizado na Rua Darcy Lacerda (atrás da UPA), no Parque D´Aville, em Peruíbe. Participaram do evento diversos prefeitos da Baixada Santista e litoral sul, além do secretário de Desenvolvimento Regional Rubens Cury, o deputado federal Samuel Moreira, entre outros.

A obra, que já está com a primeira etapa concluída desde 2018, está orçada em R$ 23.168.093,00. O governo de SP investiu R$ 22 milhões e a contrapartida da prefeitura de Peruíbe é de R$ R$ 1.168.093, 00.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

A previsão é de concluir a obra em dois anos. A empresa responsável e escolhida por meio de licitação é a JR Construtora e Terraplanagem.     
Rodrigo Garcia também assinou alguns convênios para outros investimentos na Cidade. Entre eles os de pavimentação, recapeamentos e calçadas acessíveis em vários bairros, além da reurbanização da orla no bairro Ruínas. A verba é de R$ 24 milhões. 

"O Governo de São Paulo enfrentou muitas dificuldades durante a pandemia, mas não podemos andar pra trás. Uma das novas ações é que em cinco unidades dos AMEs vão começar a oferecer o tratamento para câncer à população", destaca Garcia.

O prefeito Luiz Maurício (PSDB) afirma que a obra do hospital é de grande importância à população do município e de toda a região do litoral sul. 
"Além das obras do hospital, que já iniciaram nesta semana, parte das obras de infraestrutura na Cidade começa na próxima semana, com a pavimentação de 34 ruas em vários bairros", completa. 

O presidente da Câmara de Peruíbe Rafael de Souza (MDB) afirma que a verba do governo do Estado, que havia sido liberada no ano passado, é fundamental. "Toda a população não somente do município, mas da região vai ser beneficiada com o hospital". 

Segundo ele, desde 1989, quando foi lançada a pedra fundamental do hospital, a população aguarda por essa obra. "Após tantas promessas de outras gestões municipais, agora o prefeito Luiz Maurício conseguirá finalizar essa obra", frisa.

O Hospital Municipal contará com 58 leitos, divididos em alas de internação pediátrica, masculina, feminina e maternidade, além de mais 4 leitos na UTI Neonatal, 4 UTI adulto e 3 UTI pediátrica.

A unidade terá ainda agência transfusional, administração, almoxarifado, centro de nutrição e dietética, farmácia, imagenologia, segurança, lactário, lavanderia, recepção, laboratório, salas para internação, maternidade, centro cirúrgico e obstétrico, centro de parto normal, UTIs para adultos, pediátrica e neonatal, além de outros setores.

HISTÓRICO
O recurso para a primeira fase da obra havia sido autorizado pelo Governo do Estado em 2011, mas passaram-se duas gestões municipais e nada foi executado.

Somente a partir de 2017, no primeiro ano da gestão do prefeito Luiz Maurício, é que o recurso da primeira fase foi efetivamente aplicado e foi construído o prédio atual. Terminada a primeira fase, o prefeito fez gestão junto ao Estado para a liberação dos recursos necessários à conclusão da obra.

Por conta da pandemia o Estado tinha congelado alguns investimentos para investir no combato à Covid-19. 

Após o pico da pandemia, no último semestre de 2021, o então vice-governador Rodrigo Garcia (PSDB) esteve em Peruíbe e autorizou o recurso no valor de R$ 22 milhões para a conclusão do hospital. 

COMBUSTÍVEL
Em relação ao ICMS do combustível, o governador afirmou que assim que o presidente da República sancionar a nova lei, ele vai determinar a redução das alíquotas de ICMS na gasolina. "Temos que fiscalizar o preço na bomba do combustível, pois não adianta fazermos esse esforço de reduzir imposto e essa redução não chegar ao consumidor final".

Rodrigo Garcia esteve ainda, no final da tarde, anunciando investimentos na saúde em São Vicente. 
 

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Esportes

Após forçar saída, Marinho reencontra Santos em meio à pressão no Flamengo

Marinho é reserva no Flamengo, e fez apenas dois gols em 23 jogos na temporada

Brasil

Memória: a história do Castelinho da Rua Apa

Imóvel, construído em 1912, ficou famoso após ser palco de uma tragédia familiar

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software