X
Emprego

Coca-Cola oferece programa de qualificação profissional para jovens da Região

O programa da empresa é 100% online e gratuito e é voltado para jovens em busca do primeiro emprego em Santos, São Vicente, Praia Grande e Cubatão

Coca-Cola FEMSA busca jovens da Região em busca do primeiro emprego / Divulgação

Estão abertas as inscrições para o "Coletivo Online", versão 100% digital da Plataforma Coletivo Jovem, do Instituto Coca-Cola Brasil (ICCB), que capacita e conecta jovens de 16 a 25 anos, moradores de comunidades de baixa renda, com oportunidades no mercado de trabalho através de uma rede de mais de 400 parceiros empregadores.

O programa online tem abrangência nacional e é gratuito. Seu formato permite que o jovem faça o curso de qualquer lugar, a qualquer momento, através de seu WhatsApp, aplicativo amplamente utilizado por jovens que podem ter problemas de conectividade. Na Região, o público-alvo do programa são jovens em busca do primeiro emprego nas cidades de Santos, São Vicente, Praia Grande e Cubatão.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

O conteúdo do Coletivo Online conta com 11 vídeo-aulas curtas e objetivas, focadas em temas do mundo do trabalho, elaboração de um plano de vida, planejamento financeiro, construção de currículo e como se preparar para entrevistas e processos seletivos.

Os participantes terão até 5 semanas para assistir às vídeo-aulas e fazer as atividades práticas. Então, ao final do curso, poderão receber um certificado de conclusão e se cadastrarem nas comunidades de vagas do programa, podendo se candidatar aos processos seletivos de uma rede de parceiros empregadores.
Além da faixa etária, o outro requisito para participar é ter concluído o ensino médio ou estar cursando. Os jovens devem se inscrever até o dia 07 de novembro por meio do link do Coletivo Online.

Atuação que gera impacto

A iniciativa faz parte da Plataforma Coletivo Jovem, que tem como foco a empregabilidade de jovens de 16 a 25 anos, em situação de vulnerabilidade social. Desde o início de sua implementação, em 2009, a Plataforma, nos formatos presencial e online, já impactou mais de 280 mil jovens em comunidades brasileiras espalhadas por todos os 26 estados do país + DF, chegando a 1.200 municípios. Do total de beneficiados, mais de 77 mil tiveram acesso ao mercado de trabalho. Apenas em 2021, 25 mil jovens se formaram nas aulas do programa online, sendo 69% negros e 69% mulheres. De acordo com a pesquisa da Plan Avaliação, 95% dos jovens certificados na versão online avaliam o curso como muito bom e 85% consideram que a iniciativa contribui para seu desenvolvimento.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Mundo

Professor usa plataforma pornô para dar aulas de matemática

O taiwanês trabalhava há tempos no mercado de cursinhos, um ramo milionário em uma região marcada pela competitividade no ambiente educacional

Cotidiano

Semana terá clima maluco, por isso, leve guarda-chuva, protetor solar, casaco, para-raio e um bote

Clima indeciso marcará últimos dias de novembro

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software