X

Apesar do protesto do sindicato dos servidores estatutários de Santos (Sindest), na galeria, 15 dos 21 vereadores aprovaram a medida que, segundo a direção do sindicato, prejudica servidores e munícipes, pois reduz o valor da indenização de pouca monta de R$ 35 mil para R$ 15 mil, ‘lesando’ os servidores que ganharam ações judiciais contra a Prefeitura. O projeto foi rejeitado pelos vereadores Audrey Kleys (PP), Benedito Furtado (PSB), Fabrício Cardoso (PSB), Kenny Mendes (PSDB) e Telma de Souza e Chico Nogueira (PT).

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Santos

Casinha de Papai Noel fica pronta na sexta em Santos

A casinha, com desenho de quatro janelas, terá três jardineiras com flores naturais e duas portas, uma delas com rampa para facilitar o acesso de cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida

Praia Grande

Bairro Vila Sônia conta com 400 novas vagas em creche para 2022

Prefeitura entregou 237 vagas com ampliação da EM Newton de Almeida Castro

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software